Comentaristas de arbitragem apontam erro grave contra o Paysandu: 'Não cabe nem interpretação'

Sandro Meira Ricci, Paulo César Vasconcelos e Sálvio Spíndola analisaram atuação de Leandro Vuaden

Redação Integrada

O fatídico pênalti que o árbitro Leandro Vuaden marcou para o Náutico, contra o Paysandu, continua rendendo comentários nacionais. 

No programa 'Seleção Sportv', do canal Sportv, no quadro 'A regra é clara', três comentaristas de arbitragem foram unânimes ao afirmar que o Paysandu foi prejudicado.

A opinião foi de Sandro Meira Ricci, Paulo César Vasconcelos e Sálvio Spíndola. Para o trio, Leandro Vuaden foi extremamente infeliz na marcação do pênalti aos 49 minutos do segundo tempo. Ainda conforme o debate dos comentaristas, o lance não cabe sequer interpretação.

Sandro Meira Ricci considerou o erro grave, fazendo a seguinte ponderação. "O Vuaden é um cara sério. Mas esse erro não poderia ter sido cometido". Sálvio Spíndola e Paulo César Vasconcelos concordaram. Ambos defenderam a tese de que o árbitro gaúcho, de 44 anos, que não pertence mais ao quadro da FIFA, estava desconcentrado e apitou 'no susto'. PC Vasconcelos foi além. "Hoje, o jogo é muito dinâmico. Não pode desconcentrar em nenhum momento", disse.

O Paysandu foi eliminado da Série C pelo Náutico-PE na cobrança de pênaltis. O jogo terminou 2 a 2, com o Náutico marcando, por meio de pênalti, no último lance da partida. Com o triunfo, o time de Recife está na Série B de 2020. 

Esportes
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!