Presidente da Colônia de Pescadores de Salvaterra é preso pela PF

Celio José Paraense da Silva é acusado de fraudes no seguro defeso

Redação Integrada

A Polícia Federal prendeu, na última segunda-feira (25), o presidente da Colônia de Pescadores Z-2, de Saltaverra, no Marajó, Celio José Paraense da Silva. A prissão é decorrente de condenação na 3ª Vara Criminal da Justiça Federal. Celio é acusado de desvio de recursos do seguro defeso, benefício pago ao pescador artesanal, que fica proibido de exercer a atividade pesqueira durante o período de reprodução de algumas espécies.

Celio estaria respondendo há vários processos na Justiça Federal e está, desde 2014, impedido, pela Justiça, de assinar qualquer documento em nome da Colônia de Pescadores.

Economia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!