CONTINUE EM OLIBERAL.COM
X

Jader Filho critica juros elevados: 'Qual o temor do BC? Por que não reduzir a taxa de juros?'

Taxas elevadas afetam o crédito imobiliário e prejudicam o mercado de habitação

Fernanda Trisotto (Agência Estado)
fonte

O ministro das Cidades, Jader Filho, questionou os juros elevados do País e como as taxas afetam o crédito imobiliário. Ele garantiu que a Pasta, juntamente da Caixa Econômica, faz um acompanhamento financeiro rígido da situação financeira do FGTS, mas ponderou que o País precisa pensar em outras alternativas de funding de investimentos, seja para habitação ou para infraestrutura. Ele participa do evento CNN Talks, que discute o crédito para o Brasil, nesta terça-feira (18.06). 

"Temos de buscar em diversas frentes. Vamos trazer o Banco Central para a discussão. Qual o temor do BC? Por que não reduzir a taxa de juros?", questionou o ministro.

VEJA MAIS

image Tucuruí e Goianésia vão receber mais de R$ 26 milhões em obras do Ministério das Cidades 
Ministro Jader Filho assinou os contratos para serviços nesta sexta-feira (14)

image Ministérios das Cidades e Trabalho podem liberar até R$ 25 bi extras do FGTS para habitação 
Ministro Jader Filho afirmou que a intenção é aplicar recurso no Minha Casa, Minha Vida

image EXCLUSIVO: Ministro das Cidades projeta alta de 28% nos financiamentos do MCMV no Pará
De janeiro a abril, já foram contratados 1.761 financiamentos habitacionais no Pará, com um investimento de R$ 282 milhões.

Ele também mencionou a liberação de parte do compulsório para habitação, porque as taxas de juros elevadas prejudicam esse mercado.

As declarações vêm na esteira de críticas do presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, à condução da política monetária pelo BC.

O Comitê de Política Monetária (Copom) se reúne nesta terça e quarta-feira para definir o patamar da Selic, atualmente em 10,50% ao ano.

 

Entre no nosso grupo de notícias no WhatsApp e Telegram 📱
Economia
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM ECONOMIA

MAIS LIDAS EM ECONOMIA