Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Enquete: 80% das pessoas mudaram sua rotina após alta dos combustíveis

Carro tem ficado de lado na hora dos passeios para alguns; outros trocaram o meio de se locomover

O Liberal

Uma enquete realizada pelo Portal OLiberal.com, por meio do Instagram, mostra que os constantes aumentos no preço dos combustíveis forçaram os consumidores a mudarem sua rotina. A maioria dos que responderam ao que a enquete pergunto confirmou que novos hábitos foram adotados por conta do preço da gasolina.

A pergunta foi: “O preço da gasolina mudou a sua rotina?”. O resultado foi: 81% respondeu que sim e apenas 19% disse que não. Algumas pessoas explicaram o que precisaram mudar no dia a dia e, em muitos casos, o lazer foi comprometido. “Sair menos de carro”, respondeu Simone Wanzeler. “Passeio na praça no fim de semana ficou difícil”, disse Marcílio Garcia. “Não passeio mais de carro, só uso para o trabalho”, revela Viviane Sousa.

VEJA MAIS

Após novo reajuste, confira o preço da gasolina em 13 postos da RMB; diferença chega a R$ 0,50 Reajuste autorizado pela Petrobras na última segunda-feira foi de 7,04% nas refinarias

Presidente Jair Bolsonaro sinaliza novo aumento de combustíveis daqui a vinte dias Ele afirma que pretende discutir o assunto na volta ao Brasil

Já Guida Piteira contou que só usa o carro uma vez por semana, para terapia do filho. Stela Reis, Ana Noemi e Jordana Soares Ferreira também responderam que só saem de casa com o veículo em caso de necessidade. Outros mudaram o meio de transporte. “Bicicleta”, disse Marcelo Sousa. “Só ando de BRT agora”, declarou Daniele Rodrigues. “Passei a andar mais a pé”, afirmou Sandra Melo.

O último reajuste no preço dos combustíveis foi anunciado pela Petrobrás no final de outubro - o preço médio de venda da gasolina para as distribuidoras teve aumento de 7% e o diesel, de 9,15%. Porém, o presidente da República, Jair Bolsonaro, sinalizou que um novo reajuste deve ser anunciado pela estadual daqui a cerca de vinte dias.

Economia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM ECONOMIA

MAIS LIDAS EM ECONOMIA