Custos com construção civil crescem no Pará acima da média nacional em outubro

Variação do custo médio do m² foi de 2,55% em outubro

Fabrício Queiroz

O Pará registrou a quarta maior alta no Índice da Construção Civil no mês de outubro, segundo pesquisa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgada nesta quinta-feira, 10, que mostra que a variação foi de 2,55% ante 0,26% da pesquisa de setembro. Os estados de Mato Grosso (4,89%), Roraima (3,64%) e Alagoas (2,64%) lideram o ranking de elevações.

Com isso, o crescimento do custo no estado superou a média nacional, já que em todo o Brasil o aumento foi de 0,38%. No entanto, quando se observa a taxa acumulada no ano, o índice teve uma elevação de 9,07%, e de 11,03% nos últimos 12 meses. No âmbito nacional, as flutuações foram de 10,64% para o acumulado de janeiro a outubro e de 12,41% nos últimos 12 meses.

LEIA MAIS:

Pará é o oitavo em custos de construção em janeiro, diz IBGE
Lead Tocantins, Pará e Roraima foram os Estados com as maiores variações percentuais de custos nos últimos 12 meses, respectivamente 19,76%, 18,64% e 16,25%

Pará tem maior aumento no custo da construção civil dos últimos 12 meses
Região Norte fechou os últimos 12 meses com 16,68%; Pará teve menor variação do mês, mas no acumulado fechou em 18,17%.

Apesar da elevação ligeiramente menor no estado do que a nível nacional ao longo do ano, os gastos com obras de construção ou reforma tem pesado no orçamento de muitas famílias. A aposentada Jacqueline Souza, 52, tem testemunhado essas variações nos últimos oito meses, desde que começou a construir a casa própria no bairro do Jurunas.

“No início estava bem mais barato. Depois, quando chegou o verão aumentou bastante. No começo da obra, o principal gasto foi com ferro que estava bastante caro e agora que estou nos acabamentos vejo que a parte de porcelanato também está elevada”. Em razão disso, Jacqueline conta que, além de monitorar o andamento do trabalho, tem se dedicado à pesquisa de preços especialmente de pisos nessa fase da obra.  “Eu vou em várias lojas, peço o orçamento, vou pra casa, penso bem e volto naquela onde tá mais em conta”.

Já Jorge Valente, que é proprietário de uma loja de materiais de construção no bairro do Telegrafo, avalia o que segmento tem observado uma tendência de deflação, ao contrário do que afirma o IBGE. “O ramo de materiais de construção estão baixando de preço. Funciona com oferta e demanda. Se você não tem demanda e o mercado está retraindo, não tem como se manter preços altos. Como o momento é de retração, os produtos começam a baixar de preço”, afirma o empresário.

Ainda segundo o Índice da Construção Civil, o custo médio do metro quadrado no Estado do Pará está em R$ 1.658,27. No Brasil, o preço está estimado em R$ 1.675,46; e na região Norte, o valor da construção é de R$ 1.678,09.

Economia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM ECONOMIA

MAIS LIDAS EM ECONOMIA