Belém teve inflação de 5,5% em 2022 e de 1% em dezembro, segundo IBGE

Com o resultado, das 16 capitais pesquisadas, Belém ficou em 10º lugar no acumulado do ano

O Liberal
fonte

A inflação de Belém ficou em 5,56% no ano de 2022, segundo o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), indicador oficial utilizado no país e divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta terça-feira (10). Com o resultado, das 16 capitais pesquisadas, Belém ficou em 10º lugar.

Os setores que puxaram para cima a inflação da capital paraense foram vestuário (alta de 15,61% no ano), saúde e cuidados pessoais (13,23%), alimentação e bebidas (11,05%), educação (8,71%) e despesas pessoais (6,49%). Já em dezembro, a alta em Belém ficou em 1,05%, puxada pela saúde e cuidados pessoais (3,09%), vestuário (1,82%) e habitação (1,38%). 

Confira os setores que tiveram as maiores altas em 2022 em Belém:

  • Vestuário: 15,61%
  • Saúde e cuidados pessoais: 13,23%
  • Alimentação e bebidas: 11,05%
  • Educação: 8,71%
  • Despesas pessoais: 6,49%
Economia
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM ECONOMIA

MAIS LIDAS EM ECONOMIA