Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Auxílio Emergencial: Saiba quem tem direito ao retroativo e quando sai o pagamento das parcelas

Governo estima que 1,3 milhões de pais solteiros tem direito ao auxílio; valor pode chegar a R$3 mil

Gabriel Mansur

O pagamento do Auxílio Emergencial ainda gera dúvidas, pois, apesar de ter sido encerrado em outubro de 2021, alguns grupos de beneficiários ainda receberão parcelas do auxílio, no valor de R$ 600, de maneira retroativa. Serão parcelas que podem chegar até R$ 3 mil. O primeiro lote foi liberado no dia 13 de janeiro e contemplou mais de 800 mil pessoas. 

VEJA MAIS

Após suspensão do auxílio emergencial, busca pelo Auxílio Brasil cresceu 6,2% no Pará
Segundo dados do Ministério da Cidadania, Belém é a quinta capital com maior número de beneficiários, atualmente, do Auxílio Brasil, sucessor do programa Bolsa Família

Aumenta número de famílias na miséria após o fim do Auxílio Emergencial
Em cinco meses, 2,6 milhões de famílias em extrema pobreza se inscreveram no Cadastro Único

Saiba qual a diferença entre o FGTS Emergencial e o FGTS Extraordinário
Ambos os termos definem a mesma coisa: valor de até R$1.000 liberado para os trabalhadores que possuem o saldo em suas contas

O governo estimou que o grupo de beneficiários corresponde a 1,3 milhões de pais solteiros, restando ainda aproximadamente 500 mil pessoas com direito ao benefício. Esse grupo tem direito ao benefício por conta de uma Medida Provisória que permitiu o pagamento de uma cota extra aos pais solteiros que receberam apenas uma cota do auxílio em 2020.

As parcelas que começaram a ser pagas em abril de 2020, tinham o valor de R$ 600 para o público geral e R$ 1.200 (cota dupla) para as mães solteiras. Na época, pais solteiros não puderam se cadastrar na cota dupla. Por isso, o governo liberou o pagamento do valor retroativamente para o grupo. A medida foi anunciada no final de 2021. 

O valor depende de quanto o cidadão que tem o direito ao auxílio recebeu em 2020. Quem recolheu as 5 parcelas, desde abril de 2020, terá direito a R$ 3 mil. Aos que se cadastraram tardiamente, receberão o valor proporcional ao número de parcelas recebidas.

Como saber se tenho direito ao retroativo do Auxílio Emergencial?

Para saber se você tem direito ao retroativo, é necessário fazer uma consulta no site do Dataprev. É possível realizar a consulta por computadores, tablets e smartphones. Lembrando que esse pagamento não se trata de uma nova prorrogação do Auxílio Emergencial e não haverá novo prazo de inscrição para receber os valores.

(Estagiário Gabriel Mansur, sob supervisão do editor executivo de OLiberal.com, Carlos Fellip)

Economia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM ECONOMIA

MAIS LIDAS EM ECONOMIA