Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Agências do INSS não funcionarão na próxima sexta-feira (22); veja como reagendar atendimento

Aqueles que já possuem o aplicativo Meu INSS no celular, devem receber um aviso de texto informando sobre o feriado e a remarcação do atendimento

Luciana Carvalho

Na próxima sexta-feira (22), as agências do INSS não vão abrir para atendimento presencial. Os segurados marcados para este dia, devem confirmar seu novo agendamento pelo Meu INSS ou ligar para o telefone 135. As informações são da Agência Brasil.

Segundo o instituto, o próprio segurado pode escolher uma nova data para atendimento. Para isto, basta acessar Meu INSS, pelo aplicativo ou site, entrar com login e senha do Gov.br e clicar em consultar pedidos ou agendar perícia.

Aqueles que já possuem o aplicativo Meu INSS, instalado no celular, devem receber um aviso de texto informando sobre o feriado e a remarcação do atendimento.

VEJA MAIS

Golpe da falsa ‘Helô’, assistente virtual do INSS: saiba como proteger o WhatsApp
Golpistas estão utilizando o WhatsApp para roubar dados dos aposentados e beneficiários

Nova Instrução Normativa do INSS prevê mais rapidez nos processos previdenciários
Atualização vai permitir decisões mais rápidas e padronizadas ao cidadão

O INSS explica que não entra em contato com servidores por ligações telefônicas e nem pelo WhatsApp para conceder informações pessoais ou ofertar serviços.

Os cidadãos podem buscar informações, pedir benefícios ou agendar serviços pelo Meu INSS. Já o atendimento telefônico pelo número 135 funciona de segunda-feira a sábado, das 7h às 22h, horário de Brasília.

(Luciana Carvalho, estagiária, sob supervisão de Keila Ferreira, Coordenadora do Núcleo de Política.)

Economia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM ECONOMIA

MAIS LIDAS EM ECONOMIA