TV Liberal apresenta 'Maratona Sons do Pará', com reprise dos melhores momentos da atração

Programação estreia neste sábado (30), com reexibição do especial 'Sons do Pará - 50 Anos do Brega'

Ana Carolina Matos

A TV Liberal promove uma edição especial do programa conhecido por revelar talentos do Pará e levar um pouco do segmento regional musical aos telespectadores. Desta vez intitulada "Maratona Sons do Pará", a atração conta com um total de 11 episódios, que começam a ser exibidos neste sábado (30), na grade da programação da afiliada à Rede Globo. A reprise do programa vai ao ar aos sábados, após o Jornal Hoje, a partir das 14h05.

O conteúdo traz os melhores momentos dos especiais de fim de ano da programação, realizada desde 2012 com exibição de entrevistas, informação sobre cidades, shows e videoclipes. O escolhido para estrear a novidade é o episódio "Sons do Pará - 50 Anos do Brega", edição premiada na categoria Melhor Programa Especial Regional - Afiliadas durante o 6º Prêmio Globo de Programação, promovido pela TV Globo em 2019. Entre as exibições, está ainda o especial Sons do Pará - Rock In Rio, realizado em 2019.

Apresentado por Nanna Reis e Jeff Moraes, o programa percorreu a linha do tempo do gênero paraense, nos anos 1980, 1990, 2000 e 2010. O episódio, que será exibido íntegra em dois finais de semana, retratou as mudanças ao longo do caminho e abordou diferentes ritmos, como Brega Pop, Tecnobrega, Tecnomelody e Eletromelody. Além disso, a programação, exibida no final de 2018, promoveu grandes encontros entre artistas do segmento.

A iniciativa tem como objetivo levar entretenimento aos telespectadores durante a pandemia do novo coronavírus, momento em que eventos culturais e diversas outras atividades estão suspensas para prevenção da covid-19. "A gente está num momento em que não se pode produzir, não se pode gerar conteúdo. O Sons do Pará tem um arquivo muito interessante que passa pela história de músicos que hoje são muito mais consagrados do que eram na época. O cenário da música paraense teve uma explosão em 2012, então a gente fez um levantamento do conteúdo que tinha na casa e resultou no 'Maratonas Sons do Pará'", detalha Elton Magalhães, diretor de programação da TV Liberal.

Para Magalhães - que comanda o setor responsável por áreas como closed caption, exibição, produção de chamadas, conteúdo para internet, núcleos, audiência e Central de Atendimento ao Consumidor (CAT), por exemplo - o programa é um bom parâmetro para o público perceber a evolução na carreira dos artistas paraenses e vem cercado de nostalgia.

"Dá pra perceber uma transformação do artista, o público em geral pode ver essas histórias da música paraense. São programas que trazem um saudosismo. O caso da Joelma é um exemplo. As pessoas podem ver ela cantando no estilo, usando a maquiagem e roupas daquela época específica, cantando no ambiente dela. É diferente de assistir com a modernidade que ela tem hoje. Isso causa um impacto, mas muito delicado. É um diferencial", aponta.

Além de expressivo para o público, a iniciativa também foi um marco na carreira de diversos músicos que participaram do projeto. "Pra esses artistas é um presente poder assistir à televisão no sábado, ver a própria música ali e curtir o "Maratona Sons do Pará". São trabalhos que a gente fez com muito carinho e até hoje temos tido êxito", conclui o diretor de programação da emissora.

A programação também será exibida na TV Tapajós, afiliada da Rede Globo sediada em Santarém. Assim, o "Maratona Sons do Pará" será exibido em todo o Pará.

Televisão
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS EM CULTURA