Série 'Segunda Chamada' debate o direito de amamentar em público

No episódio desta terça-feira, 5, Eliete enfrenta o marido de Dona Jurema, e Rita é levada ao hospital por Sônia e Marco André

Redação Integrada, com informações da TV Globo

Quando anoitece, jovens e adultos começam a se aproximar da entrada da Escola Estadual Carolina Maria de Jesus. Aos poucos, eles vão se acomodando nas carteiras e se preparando para mais uma noite de estudo. No episódio desta terça-feira, 5, de "Segunda Chamada" (Globo/TV Liberal), Lúcia (Debora Bloch) defende uma aluna que vira piada ao amamentar em público, e é ovacionada pelas mulheres presentes na sala de aula.

Já o marido de Dona Jurema (Teca Pereira) descobre a mentira da mulher e vai até a escola pedir explicações para a estudante, que encontra em Eliete (Thalita Carauta) uma aliada. Enquanto isso, Sônia (Hermila Guedes) e Marco André (Silvio Guindane) suspendem as aulas para socorrer Rita (Nanda Costa), que passa mal. No hospital, Marco André tem parte de sua história revelada quando apresenta a Sônia sua mãe adotiva, uma médica.

Um pouco antes de o sinal bater, marcando o início das aulas, Lúcia vai ao banheiro e percebe o choro de uma criança. Ao se aproximar de uma das cabines sanitárias, a professora vê Márcia (Sara Antunes), que está tentando amamentar seu bebê sentada em uma privada.

Ao sentir o olhar de indignação de Lúcia, Márcia se justifica dizendo que está atendendo a um pedido de seu marido, Pedro (Vinícius de Oliveira), que não quer que ela amamente a criança em público. Lúcia tranquiliza a aluna, afirmando que, em sua sala de aula, ela é livre de exercer o direito de amamentar a filha. Mas as coisas não saem como o previsto.

Quando a criança de Márcia chora, ela vira alvo de piadas de alguns colegas. Irritado, Pedro se levanta para defender a esposa e se envolve em uma briga. Para o casal, essa é a gota d´água: a escola não é lugar para eles e sua filha. Lúcia não pode correr o risco de perder um aluno e faz um discurso para a turma. Uma a uma, as mulheres da sala reagem, para emoção de Marcia e orgulho de Lúcia, que ainda precisa explicar o contexto dos acontecimentos para o diretor Jaci (Paulo Gorgulho).

Na sala de aula ao lado, o clima é mais descontraído. Eliete canta uma canção para fazer com que os alunos entendam a sua matéria, quando é interrompida pela entrada de um homem. Tobias, marido de Dona Jurema, invade a sala de aula, inconformado com as mentiras da esposa, que nunca contou sobre a decisão de voltar a estudar. Enganado e indignado com a situação, ele ameaça a mulher: o casamento ou os estudos. Assim como Lúcia, Eliete não pode permitir que a aluna deixe a escola e luta para convence-la a ficar. Dona Jurema está dividida e precisa de muita coragem para bancar sua decisão.

Televisão
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS EM CULTURA