Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Novela Pantanal inspirou música de Pinduca

Artista pensa em fazer uma nova versão assim como a novela ganhou um remake

Bruna Lima

Como não poderia deixar de ser, a música tem um papel de destaque em ‘Pantanal’. Foi assim há 30 anos, na primeira versão, escrita por Benedito Ruy Barbosa, e está sendo assim agora na nova versão escrita por Bruno Luperi. Almir Sater, que dá vida ao chalaneiro Eugênio; seu filho Gabriel Sater, que interpreta o peão Trindade; Chico Teixeira, que estreia como ator interpretando o peão Quim na primeira fase; e Guito, que dá vida ao peão Tibério na segunda fase são todos músicos e na dramaturgia serão alguns dos violeiros da novela.

VEJA MAIS

Trilha sonora do remake de 'Pantanal' terá somente músicas nacionais Almir Sater e Renato Teixeiras estão entre os compositores selecionados para a novela.

Pantanal atinge novos públicos e novos espaços de debates A novela traz diversos temas que são pautas não apenas dentro das residências. Essas pautas invadem as redes sociais em perfis de discussões

Remake de Pantanal é sucesso de crítica e público; confira fotos das gravações Foram cinco meses de gravação no Pantanal com mais de 120 pessoas e toneladas de equipamento. O resultado ao alto investimento da Globo reflete na audiência.

Maria Bethânia regrava Pantanal para a trilha de abertura da novela (Globo/Fábio Rocha)

E para manter a emoçãoe atmosfera da novela, o remake apostou em manter a música tema 'Pantanal, escrita especialmente para a novela em 1990 por Marcus Vianna e gravada pela banda Sagrado Coração da Terra na abertura da trama, mas com uma nova versão; desta vez assinada por Maria Bethânia e Almir Sater.  "É a canção de abertura de uma novela inesquecível e com uma releitura deslumbrante, de uma música muito inspirada, muito bonita, do fundo do coração do Brasil. É uma gravação que me comoveu, porque voltei a cantar com a viola do Almir Sater, isso é muito importante para mim, ele é um dos maiores músicos do Brasil, um grande compositor. É uma honra esse convite, fiquei bastante contente de fazer uma música poderosa, uma música forte", disse Bethânia durante a divulgação da notícia.

Pinduca fez música em homenagem a novela - E tem artista paraense que tem uma história direta com a trama. Nos anos 90, em meio ao sucesso da novela, Pinduca compôs e gravou “O Velho do Pantanal” na época em que era contratado da gravadora “Copacabana”, em São Paulo. Quando começou a assistir a novela, o músico sentiu-se motivado a fazer a música.

“Eu assistia todos os dias, não perdia um capítulo. E como a novela mostra essa questão do lúdico, das crendices e do imaginário da floresta, o que é muito comum também na nossa região, acabei sendo tomado e me sentindo motivado a fazer a música”, explicou o paraense. Pinduca diz que chegou a rodar por várias casas de shows em São Paulo para a divulgação do trabalho. 

Com relação a esta nova versão, o artista admite que ainda não teve tempo para assistir por conta da agenda lotada, mas ele disse que quer separar um tempo e está com vontade de avaliar a nova versão de uma de suas novelas preferidas. “Eu quero muito assistir, só escuto os comentários. Quando eu começar a assistir, não vou parar”, declarou o Rei do Carimbó.

Pinduca aproveitou para revelar que pode sair uma nova versão também de sua música para combinar com o remake da novela. “Assim como eles atualizaram a trama, vou atualizar a minha música também”, prometeu o artista.

Televisão
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM TELEVISÃO

MAIS LIDAS EM CULTURA