Mesmo com dois pretendentes, Luz vai terminar só e feliz

Final da mocinha já foi sacramentado pelo autor Aguinaldo Silva

Redação Integrada

A mocinha de O Sétimo Guardião vai terminar sozinha no final da trama. Luz vai dispensar Júnior no último capítulo, no dia 17. Ela deixará Serro Azul para estudar Arqueologia. Voltará à cidade já doutora e pronta para administrar a casa de cultura que será fundada no casarão de Gabriel, após a passagem de sete anos na história. Sua última cena será tomando um banho na água da fonte.

Aguinaldo Silva fez uma homenagem a Marina Ruy Barbosa na sequência em que a personagem da ruiva "chuta o balde". "E o autor reafirma aqui seu eterno amor por esta Marina tão querida... Estrela das nossas vidas", escreveu o novelista no roteiro.

Apesar de não ser inédito, o desfecho da mocinha sozinha ainda é raro. "Não é comum. Isso atesta a liberdade e a ousadia que nossos autores de telenovela sempre tiveram. Até mesmo durante o período mais complexo de nossa história, na Ditadura Militar", explica Mauro Alencar, pós-doutorando em Teledramaturgia e Globalização da Universidade Católica Portuguesa, de Lisboa.  

O especialista diz que as primeiras mocinhas a terem desfechos empoderados foram Nina (Regina Duarte), na novela das dez de 1977 que levava o nome da protagonista, e Bruna (Elizabeth Savala) em Pão Pão, Beijo Beijo (1983). Mais recentemente, Manoel Carlos fez isso com Luiza (Bruna Marquezine) em seu último folhetim, Em Família (2014). Ritinha (Isis Valverde) também terminou só em A Força do Querer (2017).

Da cena em que Luz se despedirá de Júnior, a novela dará um salto de sete anos no tempo. O público já a verá voltando para a cidade em um carro. Ela parará na empoeirada placa que indica o sentido de Serro Azul. "Vê-se o que é: León encarapitado lá no pórtico. Luz abre a porta do carro, fica a olhar para o gato", escreveu Silva no roteiro. "Eu já te vi em tantos lugares, León! Mas sei que você só está num deles. Aqui dentro", dirá a mocinha, com a mão no peito. Várias pessoas estarão à espera dela na porta do casarão da fonte. 

Luz visitará a fonte quando todos se forem. Feijão (Cauê Campos) dirá que ela continua sendo guardiã da irmandade. A ruiva falará, então, que encontrou o livro sagrado dos protetores da água mágica. "Gabriel não conseguiu, mas agora você pode ler ele todo", explicará a mocinha. Ela, então, matará o desejo de tomar banho na fonte mágica, que voltará a jorrar água como antes. "Luz, em slow lentíssimo, espadanando a água, dá um pulo de braços abertos como se fosse uma criança feliz por fazer travessura e, na imagem que congela é o fim", está escrito no roteiro.

Televisão
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!