Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Jornalista Marcos Uchôa revela mágoa da Globo: 'Me machucou'

Um dos principais profissionais da emissora durante 34 anos, o repórter afirma não ter sido chamado para comemoração de jornalismo por "problema pessoal"

O Liberal

Um dos principais jornalistas da Rede Globo, Marcos Uchôa revelou que guarda uma mágoa da emissora onde trabalho durante 34 anos. O repórter pediu demissão da emissora no final de 2021. Uma entrevista recente ao podcast Inteligência Limitada, apresentado por Rogério Vilela Veja, trouxe à tona uma decepção do profissional acerca de uma série de homenagens feitas quando o canal completou 50 anos de jornalismo. As informações são do Metrópoles.

VEJA MAIS

Marcos Uchôa recebe homenagens durante 'Bem, Amigos' e revela time do coração
Repórter se despediu do grupo Globo em edição do programa desta segunda-feira e relembrou carreira na emissora

Repórter Marcos Uchôa encerra carreira no jornalismo; despedida ocorre na segunda-feira (8)
Uchôa acumulou 34 anos no Grupo Globo e 38 de jornalismo

Marcos Uchôa não cobrirá Jogos Olímpicos no país-sede depois de nove edições
Repórter da TV Globo faz a cobertura das Olimpíadas nos países que receberam os jogos desde 1984

"Teve uma coisa que na Globo me magoou. Em 2015, a Globo comemorava 50 anos de jornalismo, e foi feita uma série de homenagens no Jornal Nacional. Eu apareci, dentro de reportagens, mas foram convidados jornalistas desses anos todos para participar de uma mesa. Eram mais de 10. Uns 15, bastante gente. Eu não fui convidado", contou. O episódio aconteceu há sete anos.

Jornalista do SporTV faz dura crítica a Alexandre Pato: 'Nunca jogou bola'
Carlos Eduardo Eboli afirmou que o jogador é uma 'invenção do futebol'. Já Marcos Uchôa disse que Pato tem a mesma qualidade que jogadores do interior de São Paulo

"Não queria que tirassem ninguém dali. Agora, acho que eu não ter sido convidado foi um problema pessoal de quem estava escolhendo. Aquilo foi para me machucar, e me machucou. A decisão era dos chefes e eles fizeram o que quiseram fazer. Muita gente, nas ruas, disse que era um absurdo eu não estar ali", finalizou.

Marcos Uchôa explica licença da TV Globo após Copa América
Segundo o jornalista, intenção é ficar mais tempo com a família

Durante a carreira, o jornalista cobriu guerras, desastres naturais, Copas do Mundo e Jogos Olímpicos. "Na minha carreira, fiz mais do que a maioria que estava ali. Diria até que fiz mais do que todos que estavam ali, em relação à variedade de reportagens".

Palavras-chave

Televisão
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM TELEVISÃO

MAIS LIDAS EM CULTURA