Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

'Dexter: New Blood' estreia no dia 8 de novembro no Paramount+

O ator Michael C. Hall volta a encarnar o famoso serial killer

O Liberal

Após oito anos de seu fim enigmático, o serial killer Dexter Morgan está de volta no Paramount+. A produção estreará dia 8 de novembro, em toda a América Latina, na plataforma de streaming. Estrelando pelo ator indicado ao Emmy, Michael C. Hall, a nova temporada se passa 10 anos depois do desaparecimento de Dexter no olho do furacão Laura.

A série retrata-o vivendo com um nome falso na pequena cidade de Iron Lake, em Nova York. Dexter pode estar em uma nova vida, mas numa sequência de eventos inesperados, seu passado sombrio vem à tona.

Junto com Hall, Jennifer Carpenter retorna, como a irmã de Dexter, Deb, em uma nova versão. Jack Alcott interpreta o filho adolescente de Dexter, Harrison, que misteriosamente volta à sua vida após 10 anos. O elenco também inclui Julia Jones (The Mandalorian), Alano Miller (Sylvie’s Love), Johnny Sequoyah (Believe) e Clancy Brown (The Crown).

Michael C. Hall disse em entrevista para a Entertainment Tonight Online que aceitou voltar como Dexter para dar a si mesmo e aos fãs da série uma nova chance de amarrar as pontas soltas da final. O ator de 50 anos conta que entende todo o barulho que os fãs da série do canal Showtime fizeram na época.

“Eu entendo totalmente as pessoas não terem ficado satisfeitas com a maneira como o show terminou, porque na verdade ele não terminou de verdade. Ele só nos deixou com esse lugar comicamente 100% sem resolver. E enquanto eu acho que isso fazia completo sentido para a personagem, de se encontrar naquela posição em que ele se coloca nesse exílio autoimposto depois de todo o caos que aconteceu na série, eu entendo porque aquilo não seria muito satisfatório… e deixaria muitos fãs furiosos".

Na época do fim do show, o episódio final foi rejeitado pelos fãs. Desde ser chamado de “indefensável” até entrar para a lista dos cinco finais de séries mais odiados de todos os tempos. A série que sempre foi tão amada deixou um gosto final amargo na boca de quem acompanhou o programa por oito anos.

Televisão
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM TELEVISÃO

MAIS LIDAS EM CULTURA