A Fazenda': Após eliminação, Viny Vieira comenta morte de Gugu Liberato

Comediante ficou sabendo da morte do apresentado após sair do reality show. Viny fazia a imitação do apresentador com o personagem Gluglu.

Redação Integrada

O 11º eliminado de A Fazenda, Viny Vieira, conhecido por ter criado o personagem Gluglu, inspirado em Gugu Liberato, no Pânico, ficou sabendo da morte do apresentador somente após sair do confinamento. Marcos Mion disse que Viny foi informado por meio de uma psicóloga do programa. O comediante disputou a permanência no reality show com a ex-BBB Hari Almeida.

"Uma das coisas que o pessoal de casa está há algum tempo questionando é se a gente tinha informado o Viny sobre o Gugu. Enquanto ele está no confinamento, a gente não pode trazer nenhuma informação do mundo externo lá para dentro, até porque a gente não sabe como vai ser a reação e o contrato de confinamento exige isso, inclusive falta de informação até sobre a família", explicou o apresentador do reality.

O comediante comentou a morte de Gugu. "Eu realmente não estou acreditando ainda e é lamentável porque... o cara que eu conheci, tive a oportunidade de trabalhar inclusive na Record, fiz algumas matérias para o programa dele na época que eu estava aqui", disse.

 

Mion lembrou o trabalho de Viny com o personagem Gluglu. "Ele sempre me tratou super bem, conquistei muitas coisas através dessa imitação, desse personagem do Gluglu, que era a imagem do Gugu, essa brincadeira toda. E eu devo muita coisa do meu trabalho a ele", continuou o ator. No pedido para o público que continuasse no programa, Viny chegou a fazer uma breve imitação de Gugu, antes de saber sobre a morte do apresentador.

Televisão
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS EM CULTURA