Sandro Almeida celebra 30 anos de humor no palco do Gasômetro

Novo show do humorista paraense faz uma mistura de imitações com stand up

Bruna Lima

Após alguns anos fora de Belém, o humorista paraense Sandro Almeida retorna à capital paraense e celebra os 30 anos de carreira. E para comemorar esse momento, estreia o espetáculo "Abana que pega", que ele define como um show regional com imitações de políticos da terra, de personalidades de Belém e nacionais. O show será nesta sexta-feira, 14, no Teatro Estação Gasômetro, às 21h. Os ingressos serão vendidos na bilheteria do teatro.

Ao longo desses anos de carreira, Sandro Almeida já contabiliza no currículo mais de 120 imitações e a criação de dez espetáculos. Atuando na área de direção artística de televisão em Porto Velho e Mato Grosso, nos últimos anos, o humorista estava fora do estado e também afastados dos palcos.

"Eu passei alguns anos fora, trabalhando em outros projetos. Mas agora estou retornando para Belém e quero voltar aos palcos e celebrar esses 30 anos", diz o humorista. 

Sandro Almeida conta que saiu do quartel para os palcos. Ele começou a carreira artística fazendo festas infantis. E o primeiro personagem que imitou foi o Seu Boneco, da Escolinha do Professor Raimundo. No início da carreira ele se apresentou em programas locais como o TV Cidade, entre outros, de televisão e rádio.

"Nesse processo comecei a imitar o Zacarias, dos Trapalhões, o Faustão, e a partir disso fui aumentando o números de personalidades", explica o humorista. A ampliação de personagens no currículo do artista abriu portas para novas oportunidades. Ele foi ganhador do TV Penetra, um quadro do Faustão, além de participar de vários outros, como "Se Vira nos 30". 

Tendo o Romário como um de seus personagens, Sandro ganhou notoriedade: o Globo Esporte, da TV Globo, fez uma matéria com ele imitando Romário, sendo entrevistado pelo jornalista Tino Marcos sobre o fato do técnico da seleção brasileira, à época, Felipão, não ter convocado o jogador para compor a seleção de 2002.

Nessa trajetória, além de circular pelos palcos Sandro Almeida fez escola e lançou alguns artistas da cena. Ele inaugurou a escolinha "Ver o Riso" e contou que de lá saíram vários artistas. " Muitos humoristas que estão circulando hoje em dia saíram da minha escola. Olhando pra trás percebo que venho fazendo uma trajetória bem legal", destaca Sandro Almeida.

Depois de Belém, o humorista vai levar seu novo espetáculo para outras cidades. A próxima será Santarém. 

Agende-se

"Abana que pega"
Data: sexta-feira (14), às 21h
Local: Teatro Estação Gasômetro (Parque da Residência)
Ingressos: na bilheteria do teatro. R$50,00 cadeira e R$, 30,00 arquibancada

Cultura
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS EM CULTURA