No aniversário do jornal Amazônia, apaixonados pelo brega paraense relembram histórias com o ritmo

Amanda e Isaias se conheceram em uma festa de aparelhagens e têm sua relação amorosa embalada pelo som do clássico “Não Vou Te Deixar”, composição de Gaby Amarantos

Juliana Maia
fonte

O brega está atrelado à vida do paraense e move paixões ao redor da cidade de Belém. Seja em festas de família, eventos fechados, em uma caixinha de som no quarto ou na rádio, o ritmo que nasceu na periferia da capital envolve os apaixonados pela música e está presente na rotina de leitores do jornal Amazônia, que completou 24 anos na última quarta-feira (10/03).

O casal Amanda e Isaías Reis tem sua história envolvida nos passos do brega e possui uma lista de músicas favoritas dentro do ritmo, mas, em especial, está "Não Vou Te Deixar", uma versão da canção "I Don't Want To Get Hurt", cantada e escrita por Gaby Amarantos na banda Tecno Show.

Há 22 anos, a dupla se conheceu em uma festa de aparelhagens e a canção se encaixou na relação que nascia naquele momento, por falar de duas pessoas que se encontraram e se transformaram, sem se perder e criando uma conexão ainda mais forte com o passar dos anos.

A música que integra o álbum de 2003 toca sentimentalmente a dupla de apaixonados. Ao recordar a época em que estavam se conhecendo, Amanda se emociona e conta que a realidade era bem diferente de hoje. Com o passar do tempo e o fortalecimento do casamento, sempre marcado pela música, Amanda e Isaías começaram a ter conquistas juntos e se declaravam de formas criativas usando trechos do clássico da Tecno Show.

"Vínhamos de relacionamentos que não deram certo e não acreditávamos mais no amor. Essa música é o nisso hino e mudou tudo e mostrou que a gente podia ser feliz. Essa pessoa [Isaías] mostrou o que era o amor para mim. A nossa vida mudou com essa música. Ele escrevia partes da canção em caixas de sapato. Nos declaramos um para o outro usando ela", diz Amanda.

VEJA MAIS

image 'Potentes do Brega’ une amor pela dança ao ritmo tecnobrega
Conhecido como “fã-clube”, o grupo conta com 98 integrantes, que perpetuam a cultura paraense em seus passos e “caquiados” tradicionais da dança

image RexPa do brega: artistas paraenses transformam clássico paraense em ‘rivalidade’ saudável
A devoção ao Clube do Remo e ao Paysandu pode ser considerada tão intensa quanto o amor pela música

image Xandy Belém, cantor de 'Fuxico do Farol', lança turnê 'Vai Na Fé'
Intérprete de vários hits de tecnobrega, o artista paraense leva o novo trabalho para Caldas Novas (GO) e promete retornar a Belém com a turnê, ainda este ano

image O ritmo paraense está presente a todo momento na rotina dos dois apaixonados que adoram ouvir, dançar e cantar bregas (Foto/Carmem Helena/O Liberal)

Amanda explica que, assim como as da vencedora do Grammy Latino, outras letras de intérpretes paraenses parecem falar do encontro entre ela e o marido. "A canção 'Está No Ar', da banda Fruto Sensual, 'Sonho Bonito', de Calypso, 'Par Perfeito' e 'Daqui Pra Frente', de Manu Bahtidão e vários sucessos da banda Mega Pop Show me fazem sentir que estão contando sobre a gente", complementa.

Além de ouvir, o casal diz que o brega paraense faz parte de tudo nas suas vidas. Eles também adoram dançar, fazem parte de um fã-clube, e cantam músicas desse ritmo, que não podem faltar quando estão em um karaokê. Sejam os sucessos de tecno brega da Tecno Show ou o brega pop "O Anormal do Brega", de Rubens Mota, todas as canções embaladas por essa pulsação musical estão presentes na rotina dos dois, segundo Isaías.

"Escutávamos muito as músicas da Gaby e quando ela cantou 'Não Vou Te Deixar' me lembra que nós, na verdade, nunca pensamos em nos deixar. A verdade é que a gente se encantava, cantava e dançava essa música. Me dá vontade de chorar ao relembrar e em falar da minha história com a minha esposa", diz ele.

(*Estagiária sob supervisão do Coordenador do Núcleo de Cultura de Oliberal.com, Abílio Dantas)

Entre no nosso grupo de notícias no WhatsApp e Telegram 📱
Música
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM MÚSICA

MAIS LIDAS EM CULTURA