Município de Abaetetuba será homenageado pelo Rancho no carnaval 2020

Neste sábado (05), às 21h, a escola realiza a final do festival que elegerá o samba-enredo do próximo carnaval

João Thiago Dias

O município de Abaetetuba, no nordeste paraense, será homenageado pelo Grêmio Recreativo Jurunense Rancho Não Posso Me Amofiná no carnaval 2020 de Belém. Com o enredo "Às Margens de Maratauira, Encontrei a Terra Dos Homens Fortes e Valentes", a bicampeã do carnaval belenense se prepara para a grande final do festival de samba-enredo, que será neste sábado (05), a partir das 21h, na sede da escola, na travessa Honório José dos Santos, no bairro do Jurunas.

Ao todo, 16 sambas entraram na disputa que terá como prêmio R$ 6 mil. Após três eliminatórias, duas em Belém e uma em Abaetetuba, a final será entre seis composições, duas delas de músicos do município homenageado. 

Na tarde desta quinta-feira (03), o presidente do Rancho, Jango Vidal, visitou o prédio do jornal O Liberal, no bairro do Marco, para oficializar o convite para a programação e para falar da parceria com a Prefeitura de Abaetetuba. Na comitiva que o acompanhou na visita: a presidente do conselho deliberativo do Rancho e pesquisadora do enrendo, Nazaré Luna; o carnavalesco da escola e pesquisador do enredo, Paulo Anette; o prefeito de Abaetetuba, Alcides Eufrásio da Conceição; o vereador Fernandes Sabiá; o diretor da Fundação Cultural de Abaetetuba, Inésio Rodrigues; e o empresário do município e apoiador José Miguel.

"Por meio do nosso parceiro José Miguel, que é meu amigo há anos, chegamos ao prefeito e tivemos a felicidade dele aceitar a proposta para essa parceria", comentou Jango, que demonstrou entusiasmo com o festival. "Em 2019, o Rancho foi a única escola da cidade a realizar o festival. Temos uma tradição de fazer a programação. Estamos otimistas que sairá um grande samba que vai embalar nossa escola na venida". 

"O nosso bairro, do Jurunas, é concentrado próximo da beira do rio. E ali perto do Rancho se concentram muitos moradores de Abaetetuba, Igarapé-Miri e municípios e ilhas vizinhos daquela região. Como tem sambas concorrentes do próprio município, com certeza o povo abaetetubense que mora ali pelo lado vai correr para torcer", completou Jango Vidal.

Em 2008, o Rancho homenageou o município de Igarapé-Miri. Em 2019, foi a vez de prestar homenagem à Barcarena. No próximo ano, a missão é continuar enaltecendo a história cultural das localidades do Estado. O carnavalesco Paulo Anette, que é um dos jurados do festival, adianta que foi necessária muita pesquisa para apresentar a localidade de forma linear, da fundação aos dias atuais, com responsabilidade, beleza, poesia, história, cultura e brincadeira.

Ele pontua alguns elementos que não podem ficar de fora da folia, como os regatões, comerciantes que percorriam os rios do Baixo Amazonas ao Baixo Tocantins em pequenos barcos ou canoas; a cachaça, diante da importância da localidade enquanto polo de produção da bebida; a exportação do açaí; o brinquedo de miriti; o carnaval de rua de Abaetetuba, dentre outros.

"Por essas tantas outras maravilhas que a gente encontrou na cidade. A gente não escolhe um local meramente porque está buscando um enredo. Escolhe um local onde possa ter uma emanação de informações que são úteis para que os observadores conheçam um pouco daquele lugar", disse o carnavalesco.

Abaetetuba

Abaetetuba completou 124 anos de fundação no dia 15 de agosto deste ano e conta com cerca de 160 mil habitantes. Segundo o prefeito Alcides Eufrásio da Conceição, a parceria com o Rancho deve render excelentes frutos. "Tem muita coisa boa. A história de um povo que tem fé e que luta por dias melhores. Temos um dos melhores carnavais do Pará. E unido à família do Rancho, vamos fazer um carnaval maravilhoso", garantiu.

"Sabemos dessa preciosidade que o Rancho tem de ter esse olho de águia que consegue ver lá na frente as coisas boas para o Estado, Abaetetuba está maravilhada. Como Abaetetuba tem dois sambas finalistas no festival, isso conseguiu mexer com a cidade e culminou a eliminatória dentro do primeiro festival do açaí", concluiu o prefeito. 

Música
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!