Mestre Monarco traz tradicionalismo da Portela a Belém

Show abre as comemorações pelo Dia Nacional do Samba, celebrado na segunda-feira

Ana Matos

Comemorado no dia 2 de dezembro, o Dia Nacional do Samba terá uma festa antecipada na capital paraense. Para a celebração, um dos nomes remanescentes de uma das escolas de samba mais tradicionais do país: Mestre Monarco, que traz à Belém a personificação do tradicionalismo da Portela.

Uma grande feijoada entre amantes desta grande manifestação de cultura popular tem início no sábado, 30, a partir das 13h, na boate refrigerada do Pará Clube.

Para representar a cultura local, o dia conta ainda com as apresentações de Grupo Melodia, Tony Melodia, Rafaela Travassos e Daniel Cardoso. "Todo ano fazemos algo pra comemorar o dia nacional do samba. Desta vez vamos antecipar com uma feijoada onde vão ter vários artistas locais e também a presença do Mestre Monarco, diretamente do Rio de Janeiro, que é uma lenda viva do samba", ressalta Bilão, organizador do evento.

"Nossa expectativa é de uma grande festa porque em Belém a gente tem um grupo muito forte de samba então todo evento que fazemos, quando também agrega atração nacional, é de casa cheia", acrescenta.

Formado por Marcelo Ramos (violão de sete cordas), Ramon Travassos (violão de seis cordas), Fábio José (cavaquinho), Gegê (tantan), Marleison Willian (pandeiro), Bruno Mendes (surdo e efeitos), Marcinho (pique de mão) e Bilão (voz principal), o Grupo do Bilão, a exemplo de todas as atrações, tem o samba de raiz como a grande tônica das apresentações.

No repertório da banda, estão canções de artistas clássicos como Cartola, Nelson Cavaquinho e Mestre Monarco como também artistas contemporâneos como Jorge Aragão, Fundo de Quintal e Zeca Pagodinho. Além disso, trabalhos autorais que encorpam o primeiro DVD do grupo, que deve ser lançado em dezembro, também estarão presentes na apresentação.

Mestre Monarco tem 86 anos e foi discípulo de Paulo Portela. O sambista foi convidado a integrar a ala de compositores da Portela em 1950, onde entrou na disputa de samba-enredo até 2007, quando se apresentou ao lado do filho Mauro Diniz e do presidente da Ala de Compositores da Portela, Júnior Scafura.

Agende-se

Comemoração do dia nacional do samba com Mestre Monarco
Data: sábado, 30, das 13h às 22h
Pará Clube (Tv. Lomas Valentinas, 1507)
Ingressos: R$40
Informações (91) 98951-7183

Música
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS EM CULTURA