Edital Natura Musical seleciona nove projetos paraenses

Entre os contemplados estão Anna Suav e Bruna BG, Bando Mastodontes, Circuito Mangueirosa e Thais Badu

Agência Estado e Redação Integrada

O Pará teve nove projetos aprovados pelo projeto Natura Musical. O anúncio foi feito nesta segunda-feira, 25, com os nomes dos artistas, bandas e coletivos selecionados pelo edital 2020. Entre os paraenses estão Anna Suav e Bruna BG, Antônio Oliveira, Bando Mastodontes, Chico Malta, Circuito Mangueirosa, Liège, Metaleiras da Amazônia, Lucas Estrela e Thais Badu. No total, são R$ 5,4 milhões em patrocínios para projetos de todo o Brasil.

A cantora e compositora Thais Badu disse que recebeu a boa notícia via email. Ela escreveu o projeto para fazer o primeiro álbum da carreira, um trabalho mais pop acompanhado de um clipe. Badu se define como “mulher preta de luz e resistência” e vem realizando trabalhos com a mescla de ritmos paraenses com influências do reggae, rock e pop.

O primeiro disco e clipe de Thais vem acompanhado também com shows de lançamento. "Vai ser um álbum pop, colorido, cheio de dança e música negra. Estou feliz", declarou a artista.

A dupla Anna Suav e Bruna BG também foi contemplada com o projeto. Bruna BG diz que a notícia foi a melhor possível, pois para as artistas é muito importante fazer parte desse projeto, já que dessa forma elas vão ter condições de levar a mensagem para mais pessoas por meio do vídeoálbum, que terá cinco faixas e oficina.

"É muito importante fazer parte disso e poder levar nossa mensagem e representatividade feminina e preta daqui de Belém com o rap. Vai ser um trabalho lindo", destaca Bruna BG.

O projeto tem um time de curadores de 22 pessoas da indústria da música, que selecionaram os escolhidos a partir de uma lista de 2.647 inscritos, do Brasil inteiro. Este ano, o Natura Musical conta com apoio das leis de incentivo nacional e da Bahia, de Minas Gerais, do Pará e Rio Grande do Sul, estados com projetos locais selecionados.

Na categoria nacional, o recém-lançado disco de Elza Soares, Planeta Fome, vai virar DVD; Emicida vai fazer turnê nacional do novo AmarElo e os 15 anos do grupo Ilu Obá de Min, de São Paulo, serão comemorados com álbum, show e curta-metragem, entre outros projetos.

Segundo a gerente de Marketing Institucional da Natura, Fernanda Paiva, o objetivo da marca com o projeto - que chega aos 15 anos em 2020 - é compreender a importância da cultura na sociedade e ter seu nome associado a isso. "O Natura Musical influencia na economia criativa de todo o mercado, unindo as diversas experiências de todos os envolvidos nos projetos, bem como dos curadores", explica. Há 3 anos o projeto também investe em uma equipe de curadores mais diversa. "Isso se reflete no resultado dos projetos, que se abrem para um escopo maior", diz Fernanda.

Música
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS EM CULTURA