Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Clipe “Vila da Barca” é lançado estrelado por pessoas da comunidade

Coral de crianças canta música em homenagem à Vila da Barca

Redação Integrada

Nos anos 90, o músico e produtor Pawer Martins crescia ouvindo a canção “Doce navegar” do compositor da própria comunidade, seu Beneditinho. Essa memória afetiva gerou a ideia no artista e produtor de criar o videoclipe musical “Vila da Barca” contemplado pela Lei Aldir Blanc através do edital de música, categoria Luz, Câmera e Clipes. O clipe que envolveu a comunidade estreia hoje, no “Espaço da Amélia”, na Vila da Barca, e disponibilizado nas plataformas digitais. A produção visual contou com a participação de 25 crianças da comunidade do coral da catequese.

O projeto realizou a produção de um videoclipe musical com o compositor Paulo Ronaldo e com o Coral da Catequese da Igreja de Nª Senhora dos Navegantes, dentro da comunidade da Vila da Barca, uma das maiores moradias sobre palafitas da América Latina. Localizada às margens da Baía do Guajará, a “Vila” se divide entre as moradias com saneamento e outra parte sob as pontes com pouca ou nenhuma saúde sanitária.

O proponente do projeto, Pawer Martins, tem um longo histórico de participações em projetos  sociais e é uma reconhecida cria do Curro Velho. Hoje, um profissional da área da cultura, conta como é ser uma criança periférica e o diferencial que seus pais fizeram em sua trajetória.

“Conseguimos produzir de forma segura e chegar a um resultado bem satisfatório, pensava em produzir mais cenas impactantes. Preferimos preservar a saúde de todos, de ver as crianças que moram na Vila da Barca felizes, isso já vale a produção. Estou muito feliz, porque era um sonho produzir essa música”, declarou.

A gravação do vídeo clipe “Vila da Barca” gerou renda para as 25 crianças, além de outras pessoas da comunidade. Duas oficinas de roteiro foram ministradas. O coral infantil funciona desde 2007 com muita resistência das coordenadoras Socorro Almeida e Val Nunes. O convite para as crianças foi uma forma de incentivar o trabalho voluntário na Vila da Barca.

“Sou morador da Vila da Barca, sou músico graças a projetos sociais, então tive oportunidades. Hoje muitos projetos saíram da vila, único que resiste ao tempo, catequese com essa dinâmica do coral infantil, antes tinha projetos da luterana, Emaus, Curro Velho hoje vejo esse projetos culturais sumirem da comunidade, é isso me deixa preocupado. Então quando tenho oportunidade para fazer algum trabalho na minha comunidade, eu faço e ajudo outros moradores, que por conta própria fazem algum tipo de projeto sem apoio nenhum, fazem ações por conta própria”, explana.

A pequena moradora da área das pontes da Vila da Barca, Stefany Cristina, 10 anos de idade, sonha com um futuro melhor para o local onde mora e conta com orgulho sobre o prazer de produzir arte na periferia. “Eu me sinto muito feliz por fazer parte desse clipe e do coral. Eu gosto muito de cantar, então quando eu canto me divirto muito. Para mim é um orgulho, sendo criança e estar levando a Vila da Barca para longe. Eu quero levar ela cada vez mais longe. A gente sonha que a Vila da Barca pode virar um lugar melhor”, explica a cantora mirim.

O clipe pode ser visto em vários canais de comunicação da comunidade como a fanpage oficial da comunidade da Vila da Barca (AMVB), a página oficial da Associação dos moradores do da Vila da Barca, cerca de 2000 seguidores e do Pestudio, estúdio de gravações independentes criadas pelo próprio Pawer Martins.

Palavras-chave

Música
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM MÚSICA

MAIS LIDAS EM CULTURA