Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Ávine Vinny chega para o “Arraiá Open Bar”

Cantor fala da suas histórias no Pará e como será a sua apresentação em uma festa para solteiros

Bruna Dias

O verão paraense chegou e por isso, o “Arraiá Open Bar” já deu o ponta pé inicial para a pegação. Ávine Vinny chega para cantar para os solteiros, que receberam uma festa especial para eles. Mas como a intenção não é segregar, os casais também estão convidados, porque a regra é uma só: se divertir. O cantor é atração nacional do evento que ainda tem Victoria Pinheiro, Guilhermme, DKS e DJ Melk, que vai rolar amanhã, 4, a partir das 22h, na Marine Club.

VEJA MAIS

Em show de despedida, Whindersson Nunes faz única apresentação em Belém
Mesmo afirmando que não é para sempre, humorista se despede dos palcos em show neste sábado

Narcisa Tamborindeguy já foi garota propaganda da Yamada nos anos 2000; assista
O comercial protagonizado pela socialite voltou aos holofotes depois de uma compartilhamento no Twitter

Não tem uma única pessoa que nunca tenha escutado “auh, late, coração cachorro, late, coração”, e digo mais, quem escuta esse refrão já prepara as mãos para fazer a coreografia. A interpretação ficou por conta de Ávine Vinny, que deu vida a esse grande sucesso. O cantor, que nasceu em Sobral, no Ceará, já era conhecido no Norte e Nordeste, com “Eu Tô Limpando Você da Minha Vida”, porém foi com “Coração cachorro” que ele ganhou o Brasil. Mas o Pará, já conhecia de perto esse talento. Grande parte da família do cantor nasceu na capital paraense, e por isso Avine Vinny passou parte da sua infância e adolescência por aqui. Pelo menos dois meses do ano, como ele conta.

Em 2019, quando fez show em Salinas, Ávine Vinny compartilhou esse momento no seu perfil no Instagram. (Reprodução)

Como todo paraense gosta logo de apresentar o que tem de bom por aqui, o artista tem um segredo: “sou apaixonado por açaí”. A paixão pelo “fruto original”, já rendeu a Ávine vários stories ‘regionais’. Todas as vezes que ele chega ao Pará, posta vídeos tomando açaí que nem os paraenses e mostra a cultura local. “Todos os anos até minha adolescência eu passava dois meses em Belém, conheço bem e amo o Pará. Para mim é um prazer imenso estar voltando sempre para fazer show até porque eu vejo minha família”, explicou.

Como disse acima, o clima vai ser de flerte e pegação no “Arraiá Open Bar” e nada melhor do que ter um artista que incentive essa forma de amar. “Cantar em uma festa assim é bom demais. A galera quando está solteira bebe pra caramba, e eu acho que o arraiá vai ser nessa pegada, lembrando que é open bar”, avaliou Avine Vinny.

Para embalar esse clima, o cantor já separou um repertório especial. “Já tenho um histórico com uma discografia que realmente viajo nesses dois mundos, entre o amor e a pegação. Tenho algumas músicas de desapego, como ‘Eu Tô Limpando Você da Minha Vida’, assim como eu tenho músicas apaixonadas, como ‘Seu Beijo Joga Sujo’, que é um feat com o Jorge, que faz dupla com Mateus”, avaliou Ávine Vinny. “Vão ter os dois lados, sábado vai ser assim, para quem quer se apaixonar e quem quer só beijar na boca”, acrescentou o artista.

MISTURA

Se vai ter atração principal com Ávine Vinny, os artistas locais vão fazer a sua mistura no “Arraiá Open Bar”. Os paraenses Victoria Pinheiro, Guilhermme e DJ Melk, vão se apresentar, e também teremos o japonês DKS. Estreando em grandes palcos, Victoria Pinheiro vive a expectativa dessa apresentação. “Estou tão feliz. Tão empolgada. Mas apesar da ansiedade sei que vai ser uma festa linda demais. Estamos preparando um show inédito para esse evento com todo carinho. Quero entregar a todos que estarão lá uma noite especial e cheia de momentos marcantes. A expectativa está grande”, contou a artista.

Com apenas 24 anos, ela já soma dezenas de apresentações em Belém. Há pouco menos de um ano ela começou a realizar shows pela capital paraense. “Já cantei em Salinas, Altamira, semana que vem estarei em Santarém e Cametá. Mas já me apresentei também no Rio de Janeiro e Natal”, disse.

A estrada pode ser curta, mas com o talento visto desde a infância, Victoria já demonstrava desde cedo a carreira que queria seguir. “Meu pai é músico, então eu canto desde que nasci, tem uma foto minha que sempre carrego comigo, eu com 4 anos de idade com um microfone na mão na banda católica que meu pai tinha. Mas só comecei a cantar profissionalmente há 3 anos, fazendo voz e violão com ele. Apenas há 10 meses estou cantando com banda, e em tão pouco tempo já ter um espaço em um evento desse porte é algo realmente incrível. Saí de ‘carregar a minha caixa de som sozinha’ para evento com a Bis Entretenimento em tão pouco tempo, é surreal”, se emocionou a cantora.

Para quem nunca assistiu a um show de Victoria Pinheiro ela conta o que teremos nesse sábado: “muito sertanejo, muita sofrência, minha eterna Marília que não pode faltar. Também terá aquele forró para sacudir todo mundo, é claro, honrando minha raiz nordestina e saudando a nossa quadra junina vamos ter um pouquinho de xote e quadrilha também. Mas antecipo que muitas surpresas estão por vir”.

Agende-se:

Arraiá Open Bar

Atrações: Avine Vinny, Victoria Pinheiro, Guilhermme, DKS e DJ Melk

Data: 4 de junho

Hora: 22h

Local: Marine Club - Av. Bernardo Sayão, 3852 - Condor, Belém

Informações: 91 98213-0059

Música
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM MÚSICA

MAIS LIDAS EM CULTURA