As conexões de "Sem Chumbo nos Pés"

Cantor e compositor Naldinho Freire lança novo álbum com show

O lançamento será dia 10 de maio com um show no Teatro Margarida Schivasappa do Centur, mas o novo álbum "Sem Chumbo nos Pés", do cantautor paraibano, radicado em Belém, Naldinho Freire, foi ouvido há uma semana, em um evento fechado para músicos, imprensa e convidados, no Núcleo de Conexões Ná Figueredo.

O álbum nasce de uma série de conexões sonoras, afetivas e artísticas de Naldinho Freire, pelo selo Na Music. “Eu fiz questão de fazer esta audição, pois no dia do show de lançamento não teríamos as mesmas condições para falar sobre o disco. Para chegar a este resultado, eu fiz um processo inverso. Realizei concertos deste trabalho em nove cidades brasileiras, além de Portugal e Cabo Verde, tocando e paralelamente gravando”, diz ele.

Intitulado a partir da composição “Pássaros”, parceria com Pedro Osmar, do grupo Jaguaribe Carne, “Sem Chumbo nos Pés” propõe um diálogo entre a canção e a música eletrônica. Em fase de fabricação, com direção musical de Marcel Barretto, foi construído com base no trabalho em parceria. O álbum traz textos de poetas e compositores de vários lugares do Brasil e de outros países, a exemplo de “Biruta” – Naldinho Freire e Lau Siqueira, poeta Gaúcho que vive na Paraíba; “Surreal” - Naldinho Freire/ Kelcy Ferreira, que ora estuda em Barcelona; e "Pretty Down" – Mario Lucio, compositor caboverdiano, que interpretou a canção com Freire, entre outras que estabelecem laços com seus fazedores.

As conexões realizadas nessa construção musical trouxeram outros artistas convidados, como Chico César; Ana de Hollanda; o guitarrista Manuel di Candinho e Rapper James Tha Costa, ambos caboverdianos; os paraenses Pinduca, Natália Matos, Camila Honda, Gláfira, Pedro Vianna, Beá Santos, Dan Bordallo, Leo Chermont, os bateristas Diógenis Assunção e Juliana Salgado, a flautista Andrea Silveira, os guitarristas Rubens Guilhon e Lucas Torres; os paraibanos Adeildo Vieira, Glaucia Lima e Déa Limeira que participaram cantando na canção "Pássaros"; além do guitarrista pernambucano Alex Mono, o Cantautor Potiguar Antonio Ronaldo e do pianista alagoano Gabriel Freire.

Paraibano radicado em Belém do Pará, em 1995, Naldinho lançou o primeiro disco, o LP "Lapidar" com show homônimo, viajou por várias capitais do Brasil e países da Europa. “Todo artista é um pássaro”, afirma Naldinho. “E creio que nós precisamos dessas asas que nos levam a criar. O mundo é um espaço com seus pesos e cabe-nos fazer florescer a essência da leveza, pois, as artes nos abrem os olhos, a mente e o coração. É disso que estou a tratar, marcado pelo momento pessoal e afetivo, mas também pelo contexto político que estamos vivendo”.

Serviço:

Lançamento do álbum “Sem Chumbo nos Pés”, de Naldinho Freire com a participação de Ramón Rivera, Lucas Torres, Natália Matos, Juliana Salgado, Gláfira, Pedro Vianna, Andrea Silveira e Pinduca

Dia: 10/05

Hora: 20h

Local: Teatro Margarida Schivasappa do Centur (Av. Gentil Bitencourt, 650, Batista Campos)

Música