Artistas abrem financiamento coletivo para show em homenagem a Leandro Dias

Na ocasião do show será lançado o álbum "Porta-Joias", que Leandro estava gravando antes de falecer, em 2017

Artistas se reúnem para lançar o álbum "Porta-Joias", com músicas do cantor e compositor paraense Leandro Dias, falecido em 2017, em parceria com Vital Lima. Leandro foi um expoente da nova geração da MPB no estado, que deixou mais de 300 composições em parceria com artistas de todo o Brasil e participaçoes e premiações em festivais de música pelo país.

Para homenagear a vida e a obra de Leandro, os parceiros lançaram uma campanha de financiamento coletivo (crowdfunding) para o show de lançamento do disco, que será em 13 de junho, no Theatro da Paz. A campanha já foi aberta e será encerrada em 21 de maio pela plataforma Catarse, na internet.

"Para o show de lançamento a expectativa é uma grande festa para celebrar em alto nível a memória de Leandro Dias. Já estão confirmadas as participações de Vital Lima, Nilson Chaves, Simone Guimarães, Andréa Pinheiro, Patricia Rabelo, Pedrinho Cavallero, Floriano Santos, Marcio Farias e Marcelo Sirotheau", descreve Pedro Vianna, que também vai se apresentar. Ele assina a direção artística de Porta-Joias.

No show, os artistas irão interpretar as canções do CD e também outras músicas compostas por Leandro com vários parceiros. A direção musical do espetáculo é do violonista e compositor Floriano, que lidera um time de grandes instrumentistas da Amazônia. 

O álbum foi contemplado em editais e começou a ser produzido e gravado quando Leandro ainda estava vivo. A continuidade do projeto foi uma tarefa assumida pelos parceiros musicais do artista. Porta-joias traz arranjos de Floriano e as vozes de alguns dos artistas já confirmados no show, como também de Alba Mariah e Olivar Barreto.

A produção do álbum começou em 2016 quando Leandro foi contemplado com a bolsa de pesquisa e experimentação da Casa das Artes para desenvolver o EP "Cartograma", com seis músicas em parceria com Vital. Em 2017, o projeto foi aprovado no edital de patrocínio do Banco da Amazônia, o que possibilitou a gravação de mais quatro canções e a finalização do CD.

Um dos pontos altos do trabalho é a faixa título do álbum que, inicialmente, teria apenas a interpretação de Nilson Chaves, mas, com o emprego de recursos tecnológicos de estúdio, foi possível inserir a participação de Leandro também cantando a música, através da recuperação de um registro antigo de voz do compositor.

"No financiamento coletivo o público se torna co-patrocinador do show e recebe recompensas, como CDs, ingressos, posters, camisas e canecas de acordo com o valor investido", explica Pedro Vianna. 

Para participar acesse aqui

Música