Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Dona Cheirosinha conta tudo sobre banho-de-cheiro ao 'Mangueirosamente'

Em clima junino, Ismaelino Pinto bate-papo com uma das personagens mais famosas do Ver-o-Peso.

Enize Vidigal

O “Mangueirosamente”, videocast do jornalista Ismaelino Pinto que entrevista personagens de Belém e conta histórias sobre a Cidade das Mangueiras, entra no clima junino com um bate-papo exclusivo com a Dona Beth “Cheirosinha”, uma das famosas erveiras do Ver-o-Peso. O lançamento do 9o episódio de “Mangueirosamente” vai ser antecipado e ficará disponível no Lib Play, nesta quarta-feira, 15, a partir das 18h.

“A Dona Cheirosinha é uma personagem que é a cara de Belém. Ela tem a ver com quadra junina, o banho de cheiro. Ela conta como vem se organizando para atender a clientela nesta época do ano, como lida com as ervas, como aprendeu a desenvolver preparados curativos e também sobre as garrafadas “místicas” que desenvolveu, inclusive, com nomes criados por ela, como o ‘Viagra da Amazônia’, que ficou famoso”, descreve Ismaelino.

Dona Cheirosinha é o apelido de Bernadeth Freire da Costa, de 71 anos. Ela pertence à terceira geração de vendedoras de ervas regionais da família. A avó dela começou trazendo ervas para vender em Belém, frequentemente. A família residia em Jenipaúba, localidade do município de Santa Bárbara do Pará, na Região Metropolitana. A avó vinha à cidade acompanhada da filha ainda criança, que era a mãe de Cheirosinha. Com o tempo, a família assumiu uma barraca de madeira no Ver-o-Peso. Cheirosinha, por sua vez, chegou ao Ver-o-Peso trazida pela mãe dela. Hoje, a erveira planeja repassar o negócio a um dos filhos. 

Diariamente, ela faz questão de frequentar a feira, onde chega às 5h da manhã, para lidar diretamente com os fregueses, aos quais se considera como uma conselheira. Inclusive, ela se auto declara “doutora da medicina natural”. As ervas comercializadas por ela no Ver-o-Peso são oriundas de uma horta que ela cultiva na própria casa, também de uma horta mantida por um dos filhos dela, em Mosqueiro, e parte vêm de Abaetetuba, no Nordeste Paraense.

No “Mangueirosamente”, a Dona Cheirosa recorda sobre as pessoas famosas que recebeu em sua banca, no Ver-o-Peso, como Ana Maria Braga, do “Mais Você”, da Globo, e Regina Casé, quando apresentava o programa  “Brasil Legal”. 

A erveira abre o coração e o baú de memórias no videocast, falando sobre a vivência cotidiana do Ver-o-Peso e a relação com os outros feirantes e a clientela, a torcida pelo time do Paysandu e os conhecimentos sobre as ervas. 

“O ‘Mangueirosamente’ entrevista pessoas que são personagens da cidade, que contam histórias sobre a cidade. É uma forma de registrar as memórias, espécie de um documento vivo”, descreve Ismaelino, que já entrevistou Pinduca, Elói Iglesias, Rubão e outras celebridades da cena local. Os episódios anteriores estão disponíveis no Lib Play.

 

Cultura
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM CULTURA

MAIS LIDAS EM CULTURA