'Fiquei estarrecida', disse Anitta sobre assassinato de bailarino

Logo que o clipe foi lançado, Rodrigo ganhou fama pelo corpo escultural.

Redação Integrada, com informações do Extra

A cantora Anitta usou sua rede social nesta terça-feira (10), para se pronunciar sobre o assassinato do bartender Rodrigo Motta. Os dois se conheceram durante a gravação do clipe "Vai malandra". No vídeo, Rodrigo era responsável por passar óleo em mulheres que usavam biquínis de fita isolante.

"Meus sentimentos à família e amigos do Rodrigo Motta que participou do meu clipe de 'Vai malandra'. Recebi essa notícia pela Internet e fiquei estarrecida. Matar ou morrer virou algo banal no Rio de Janeiro. Isso tem que acabar", escreveu Anitta.

 

 

Logo que o clipe foi lançado, Rodrigo ganhou fama pelo corpo escultural. Depois, assinou contrato com agência de modelo, fez trabalhos pontuais, sem deixar o seu ofícil no Bar da laje, no Vidigal, Zona Sul do Rio.

Rodrigo Motta morreu na última segunda-feira (08). Ele, que também era bartender, foi assassinado. Um morador da região, que não quis se identificar, relatou uma briga. A Polícia Civil do Rio investiga o caso.

 

 

Cultura
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS EM CULTURA