Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Festival Encena leva espetáculos gratuitos para a Praça da República

A programação inicia no domingo, 5, com espetáculos de teatro, dança e circo, além de ações formativas.

Enize Vidigal

O 13º Festival Amazônia Encena na Rua se inicia neste domingo, 5, e vai até o próximo dia 12 deste mês com espetáculos presenciais e gratuitos de teatro, dança e circo, em Belém. Os espetáculos serão apresentados todas as noites no anfiteatro da Praça da República. Ainda, serão realizadas oficinas formativas, como a de números cômicos voltados à palhaçaria, que será ministrada para jovens do bairro do Guamá, e o IV Seminário Amazônico de Teatro, que debaterá políticas para o setor.

O Encena é um festival de artes integradas que promove a circulação de espetáculos e a conexão entre grupos de artistas de diferentes estados. O evento também objetiva democratizar o acesso à cultura, levando a arte para espaços públicos, como escolas e praças, assim como oferecer uma programação formativa aos artistas.

“A gente vai (levar espetáculos) para o centro da cidade e também para outros lugares como escolas, a Usina da Paz no bairro do Bengui. Entre as oficinas que iremos realizar, os instrutores Fábio Freitas e Leo Carnevalle, do Rio de Janeiro, vão ensinar números cômicos, que é voltado à palhaçaria, para jovens do bairro do Guamá”, conta Chicão Santos, idealizador e coordenador do festival. 

Cinco grupos de artistas paraenses foram selecionados a participar do Festival Encena, além de um grupo de cada estado da Amazônia Legal e grupos convidados de outros estados. Os espetáculos de estreia neste domingo, 5, na Praça da República, serão “As Charlatonas”, da Trupe Açu Cia de Circo, do Tocantins, e a “A Carroça é Nossa”, com o Grupo Xamã Teatro, do Maranhão.

Na segunda-feira, 6, o festival continuará com “Magya e Mystério”, com o grupo Folhas de Papel, do Pará, e “Jerônimo Show”, do Circo Caramba, de São Paulo. Na terça-feira, 7, serão “A muy lamentável história de Piramo e Tisbe”, com Teatro Ruante, de Rondônia, e “Tekoha - Ritual de vida e morte do deus pequeno”, com o Grupo de Teatro Imaginário Maracangalha, do Mato Grosso do Sul. Na quarta-feira, 8, serão “O espetáculo de um homem só”, da Cia de Circo Nós Tantos, do Pará, e “Comédia Del’Acre”, da Cia Visse e Versa, do Acre.

Já na quinta, 9, serão o “Sorteio de Contos”, com Cia Sorteio de Contos, do Pará, e “Palhaçando”, com o Grupo Tibarané, do Mato Grosso. Na sexta-feira, 10, “O cavaleiro perfumado”, do Locômbia Teatro de Andanças, de Roraima, “Uma surpresa para Benjamim”, com o Grupo Matutagem, do Pará, e “Se deixar, ela canta, com Companhia Cangapê”, do Amapá.

No sábado, 11, o festival apresenta “Os cenouras”, com Grupo Valdevinos de Oliveira, do Rio, “As Aventuras de Baltazar no Reino dos Mamulengos”, com Mamulengo sem Fronteiras, do Distrito Federal. E no domingo, 12, último dia do evento, “Fashion Fake - A roupa quase nova do rei”, da Cia de Teatro Madalenas, do Pará, e “Sodade”, com a Panorando, Cia e Produtora, do Amazonas.

Outras oficinas que serão realizadas pelo festival, em Belém, serão: “Teatro da Cidade e seus conceitos com André Carreira”, de Santa Catarina, e “Dramaturgia Pedagogia do Teatro de Rua” com Narciso Telles, de Minas Gerais, com apenas 30 vagas cada, que exigem inscrição nesse link. Já o IV Seminário Amazônico de Teatro de Rua acontecerá no sábado, 11, às 9h, na Praça da República.

Entre os dias 15 e 25 deste mês, o Encena vai levar espetáculos para os municípios de Xinguara, Parauapebas e Marabá, no Sudeste do Pará.

A edição tem patrocínio do Instituto Cultural Vale, com realização da Secretaria Especial da Cultura, Ministério do Turismo e governo federal. A iniciativa é do O Imaginário.

Agende-se:

Festival Amazônia Encena na Rua

Dias: 5, 6, 7, 8, 9, 10, 11 e 12

Hora: 19h

Local: Anfiteatro da Praça da República

Entrada Franca

Cultura
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM CULTURA

MAIS LIDAS EM CULTURA