CONTINUE EM OLIBERAL.COM
X

Exclusivo: Júnior Soares fala sobre o 4º Arrastão do Pavulagem e história do cortejo

Com mais de 1 mil pessoas integrando o batalhão da estrela, o último cortejo junino promete agitar o domingo em Belém

Bruno Menezes | Especial para O Liberal
fonte

O último arrastão junino do Arraial do Pavulagem acontece neste domingo (7), onde pela 4ª vez, uma multidão estará celebrando a cultura paraense e acompanhando o Boi Pavulagem ao ritmo de músicas tradicionais do cortejo junino.

Mais uma vez, a concentração do cortejo acontece na Praça da República, onde pernaltas, percussionistas e brincantes em geral estarão se preparando para a realização do Arrastão, um batalhão de artistas que neste ano foi composto por mais de 1000 pessoas.

Em entrevista ao O Liberal, o músico Júnior Soares, um dos fundadores do Arraial do Pavulagem, afirma que o batalhão da estrela é formado de pessoas que se dedicam pela cultura paraense, um grupo que foi crescendo junto com o arrastão junino e ganhando novos adeptos ao longo dos anos.

“À medida que o arrastão foi crescendo e a quantidade de público foi aumentando, só tocar na praça passou a não ser suficiente. Nós pensamos ‘a gente tem que ir pra rua’. Aí chega o Walter Figueiredo, que trouxe a necessidade de formação das pessoas. ‘Como a gente pode fazer as pessoas se apaixonarem ainda mais por esse movimento?’ Nós passamos então a fazer oficinas de formação, criaram as coreografias, as pessoas foram chegando e esse público foi crescendo exponencialmente e se tornou o batalhão da estrela”, afirma o músico, que destaca o número de mais de 1200 pessoas, com 400 percussionistas, 300 dançarinos, 150 pernaltas, além de pessoas que integram a organização do evento.

Segundo Júnior, neste ano o Arrastão do Pavulagem levou cerca de 30 mil pessoas para o cortejo junino. Essa multidão mostra o interesse da participação popular nos movimentos culturais, um número de pessoas que foi crescendo de forma orgânica, desde 1987, quando as primeiras ideias do Arraial do Pavulagem surgiram.

Apesar de fazer um movimento cultural que já acontece há mais de 30 anos, o grupo Arraial do Pavulagem continua se reinventando e compondo novas músicas. Recentemente foram lançadas duas novas canções: ‘Bordado de Flor’ e ‘Boi da Estrela’, que estão disponíveis nas plataformas de streaming e música e YouTube.

image Neste ano, o Arraial do Pavulagem lançou duas músicas novas, que estão disponíveis nas plataformas de streaming (Foto: Igor Mota)

O cantor afirma que as novas composições surgiram da vontade de homenagear o batalhão da estrela e demonstrar a valorização das milhares de pessoas que fazem do arrastão do Pavulagem um evento especial.

“A ideia surgiu quando eu provoquei o Ronaldo Silva e disse ‘a gente precisa homenagear novamente o nosso batalhão da estrela’, decidimos fazer um arranjo com um sotaque de rua, porque quando a música é tocada na rua, ela tem um outro estilo. A ‘Bordado de Flor’ vem muito na direção do bordado do boi, que homenageia esses desenhos e ela tem essa forma mais dolente, dá uma sensação de saudade. A outra, o ‘Boi da Estrela', já tem um tom maior, ela é mais solar, que convida pra festa, as músicas tiveram essas nuances e acho que deu certo”, explica o cantor que ressalta os planos para lançar um novo álbum até o ano que vem.

Catarse Cultural

Depois de mais de 30 anos se apresentando nos mais diversos eventos culturais e em shows pelo Pará afora, Júnior Soares confessa que recentemente voltou a se emocionar com a festa do arrastão, em um momento especial de catarse durante o cortejo.

“Em sempre estive muito preocupado com a produção, então minha cabeça está sempre pensando na realização de tudo. Mas eu te confesso que neste ano houve momentos em que eu me arrepiei. Houve essa catarse, conseguimos nos conectar com o público, e é fantástico quando consegue isso, quando as pessoas cantam com a gente. Esse ano eu consegui voltar a sentir essa sensação maravilhosa de estar junto naquele mesmo momento, no mesmo astral e mesma ligação daquela galera”, conclui o cantor.

Programação de julho

Quem não conseguiu participar dos cortejos juninos do Arraial do Pavulagem ainda poderá participar de novos eventos marcados para o mês de julho. No dia 13, a banda participa do festival Choro Jazz, em Soure. No dia 20, o mesmo evento será realizado em Belém e contará novamente com apresentações do Arraial do Pavulagem. Já no dia 21, os músicos farão um ‘mini arrastão’ em Mosqueiro, com um trajeto que vai da Praia do Farol até o Chapéu Virado e finaliza com um show da banda. Por último, no dia 28, o Arraial se apresenta em Barcarena, na Vila do Conde.

Entre no nosso grupo de notícias no WhatsApp e Telegram 📱
Cultura
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM CULTURA

MAIS LIDAS EM CULTURA