'Esse tapa também foi meu': comemora o quadrinista Joe Bennett sobre agressão a Glenn Grennwald

Durante uma entrevista em um programa de rádio, Augusto Nunes foi chamado de covarde por Glenn, e reagiu de forma agressiva. O paraense vibrou com a violência do jornalista

Redação Integrada

O quadrinista paraense Joe Bennett, que trabalha para empresas como Marvel e DC Comics, foi centro de uma polêmica nas redes sociais nesta quinta-feira (7).

Bennett se expressou sobre a notícia de que o jornalista Glenn Greenwald foi agredido pelo jornalista Augusto Nunes, durante uma entrevista ao vivo no programa Pânico, da rádio Jovem Pan.

"Augusto Nunes seu caboclo foda! Esse tapa foi meu também! Devia ter dado era um soco!", escreveu o artista em uma rede social, apagado momentos após tentar se justificar com os fãs.

O assunto imediatamente virou polêmica entre os fãs dos quadrinhos e do trabalho de Bennett, que cobraram o posicionamento das empresas, visto que o comentário foi considerado incitador à violência.

Veja a discussão sobre o assunto:

Procurado pela reportagem, por telefone, Joe Bennett não se posicionou sobre o caso, mas publicou um pedido de desculpas para Glenn, ao marido David e aos filhos do casal.

Cultura
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS EM CULTURA