Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Edição da 'Playboy' com Cleo desbanca a de Xuxa e se torna a mais valorizada do Brasil

Confira a lista das revistas masculinas mais raras e caras da atualidade

Com informações de CenaPop

Hoje itens de colecionador, as edições mais antigas da revista “Playboy” podem chegar a valer pequenas fortunas. O polêmico ensaio de Xuxa, lançado em 1982, deixou de ser o item mais caro e buscado pelos colecionadores. No lugar da Rainha dos Baixinhos entrou a edição de Cleo, na época ainda com o sobrenome Pires.

O colecionador Lucas Hit, dono de sebo e especialista em revistas masculinas, elencou as cinco “Playboy” mais raras dos últimos tempos.

Confira a lista das revistas mais caras:

5º lugar - Sônia Braga (1984)
No valor de R$ 180 a R$ 250, a edição traz a atriz com os dois seios à mostra na capa.

4º lugar - Rosicleide (1975)
Valendo de R$ 200 a R$ 250, a edição número 1 da “Playboy” foi lançada em agosto e vendeu rápido. Na época, a revista se chamava “Homem”.

3º lugar - Xuxa (1982)
Vendida de R$ 300 a R$ 400, a edição teve enorme tiragem, então não é difícil encontrá-la no mercado.

2º lugar - Vera Fischer (2000)
A edição da atriz, com a capa em preto e branco foi uma edição recebida apenas pelos colaboradores da “Playboy”. A revista é difícil de encontrar, e pode facilmente ser vendida por R$ 1.000, R$ 1.500 ou até mais.

1º lugar - Cleo Pires (2010)
Podendo ser vendida de R$ 3.000 a R$ 3.500, a edição mais rara e cara é um especial de aniversário, de capa dura, que foi impressa em apenas 100 exemplares.

Cultura
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM CULTURA

MAIS LIDAS EM CULTURA