Kevin Hart diz que apresentar o Oscar de 2019 será "a oportunidade de uma vida"

Comediante é um dos poucos negros a apresentar a premiação nos últimos 90 anos

Agência Reuters

O comediante Kevin Hart, de "Policial em Apuros", apresentará a cerimônia do Oscar pela primeira vez no próximo ano, anunciou em publicação no Instagram na terça-feira. "Estou muito feliz em dizer que finalmente chegou o dia de eu apresentar o Oscar", escreveu Hart sobre a maior premiação da indústria cinematográfica.

"Nós também", respondeu a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas, que organiza o Oscar, no Twitter. "Bem-vindo à família".

Hart, de 39 anos, que também atuou no filme "Jumanji: Bem-vindo à Selva", de 2017, sucede o apresentador de talk show Jimmy Kimmel, que assumiu a função nos últimos dois anos. "Estou maravilhado simplesmente porque este era um objetivo na minha lista há muito tempo", escreveu Hart no Instagram, descrevendo o trabalho como "a oportunidade de uma vida".

"Poder me unir à lista lendária de apresentadores que agraciaram o palco é inacreditável", acrescentou.

Apresentar o Oscar é um dos trabalhos de maior prestígio do mundo do entretenimento, mas também o mais difícil, porque os apresentadores têm que equilibrar as expectativas dos astros de primeiro escalão na plateia e dos milhões de telespectadores com uma combinação de piadas internas e para todo o público.

Hart é um dos poucos negros a apresentar o Oscar nos últimos 90 anos, tendo sido precedido por nomes como Chris Rock, Whoopi Goldberg e Sammy Davis Jr.

Cinema