Johnny Depp é proibido de participar do novo 'Piratas do Caribe', diz site

Segundo The Hollywood Reporter, Disney decidiu cortar vínculos com ator

Com informações de UOL

Johnny Depp vem enfrentando as consequências dos casos de agressão doméstica que está envolvido, sendo afastado pela Disney do próximo filme de "Piratas do Caribe", de acordo com o site The Hollywood Reporter. A escolha aconteceu antes do resultado da ação judicial movida pelo ator de 57 contra o The Sun, que o chamou de "espancador de esposas".

"A Disney já havia afastado o futuro dos Piratas com Depp bem antes do julgamento no Reino Unido, mesmo que nunca tenha rompido os laços formalmente", disse o site na reportagem da jornalista Tatiana Siegel. Ele também foi afastado da franquia "Animais Fantásticos e Onde Habitam".

"Bruckheimer, que foi um dos maiores defensores de Depp e uma vez sugeriu que a lesão no dedo dele aconteceu porque 'ele ficou preso na porta de um carro', esperava pelo menos trazer o personagem Capitão Jack Sparrow de volta brevemente no próximo lançamento - que deve ser centrado em personagens femininas e protagonizado por Margot Robbie. A Disney recusou.

"Na última semana, o site The Hollywood Reporter divulgou outra reportagem sobre Depp. Desta vez, segundo detalhes divulgados na imprensa, o ator teria entrado em contato com a produtora Christi Dembrowski para contestar o papel de Heard no filme "Aquaman", da Warner Bros.

Cinema
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM CINEMA

MAIS LIDAS EM CULTURA