Diretor do primeiro filme de Harry Potter revela nervosismo para não estragar longa

Diretor Chris Columbus falou hoje em painel da CCXP sobre a experiência com grandes filmes.

Com informações do Omelete

Durante um paine da Comic-Con Experience (CCXP), Chris Columbus, diretor dos filmes "Harry Potter e a Pedra Filosofal" e "Esqueceram de Mim", revelou o nervosismo em dirigir o primeiro longa da franquia Harry Potter, e o encontro com J.K. Rowling. 

"Eu estava assustado e nervoso porque achei que eu poderia estragar tudo ao conhecê-la, se eu não conseguisse impressiona-la. Nós nos conhecemos na Escócia e ela foi incrivelmente doce, simpática e tinha um ótimo humor. Eu fiquei duas horas falando sobre a minha visão para o filme, e no fim ela disse 'eu imagino o filme exatamente desta forma'", disse Columbus.

"Os olhos do mundo estavam em mim, eu sabia que se eu estragasse Harry Potter eu teria que me isolar do mundo e me esconder na Rússia", brincou.

Ele ainda falou que não há maneira de recriar a década de 80. De acordo com ele, tudo foi possível porque um grupo muito específico de diretores se uniu, como ele e Steve Spielberg, e que não seria possível repetir. A CCXP18 acontece entre os dias 6 e 9 de dezembro no São Paulo Expo.

Cinema