Antônio Fagundes conta que fará continuação de 'Deus É Brasileiro', de Cacá Diegues

O filme já tem roteiro pronto e está com a pré-produção encaminhada

Durante a quarentena, o Canal Brasil tem recebido, diariamente, diversos artistas para lives em seu perfil do Instagram (@canalbrasil). O convidado desta quarta-feira foi Antônio Fagundes, que conversou com a repórter Maria Clara Senra sobre uma série de filmes que carrega no currículo, desde "A Compadecida", que ele fez quando tinha 20 anos, passando por "A Noite das Fêmeas - Ensaio Geral", "Os Sete Gatinhos", "Leila Diniz", "Pra Frente Brasil", "Villa Lobos - Uma Vida de Paixão", "Alemão", "Quando Eu Era Vivo" e "O Grande Circo Místico".

Fagundes falou ainda sobre “Deus É Brasileiro”, um dos seus maiores sucesso no cinema, e contou que fará uma continuação do filme. "Cacá me ligou dia desses dizendo que nós vamos fazer 'Deus Ainda É Brasileiro'. Eu falei para o Cacá: 'e você quer que eu faça?'. Ele falou: 'claro, você é Deus' e eu falei: 'não sei, de repente Deus podia fazer uma plástica, ser mais moço, sei lá, não sei o que você tem na cabeça'. Ele me chamou e eu fiquei muito, muito, muito feliz", contou.

O filme já tem roteiro pronto e está com a pré-produção encaminhada. “Se Deus quiser vai dar certo e eu quero, então vai dar certo”, brincou.

Ele falou ainda sobre o seu perfil no Instagram e a relação com a internet. “Virei blogueirinho, né, como dizem. Mas sou analfabyte”, brinca. Ele conta que é a mulher, Alexandra, que arruma toda a estrutura pra ele para que use o Instagram, faça as lives etc.

Fagundes contou ainda sobre o período da Boca do Lixo e da Pornochanchada. "Eu fui à Boca do Lixo, um bairro que tinha em São Paulo onde ficavam todos os cineastas que não tinham dinheiro e que queriam fazer filme de qualquer jeito. Era um lugar efervescente porque as pessoas queriam muito fazer cinema. E eu fiz um monte de filmes na Boca do Lixo, na década de 70”, explica.

"Quando na época as pessoas me perguntavam ‘como você se sente fazendo pornochanchada?' eu dizia 'vocês ainda vão me entrevistar  sobre esse movimento daqui a 20, 30 anos'".

Cinema
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS EM CULTURA