Rafinha Bastos faz piada com Luana Piovani e cita Belém como público da atriz; entenda

O humorista fez uma série de vídeos onde diz que a atriz foi a 'pior coisa já produzida no Brasil'

Redação Integrada

O humorista Rafinha Bastos tem uma nova vítima, desta vez a atriz Luanna Piovani, diagnosticada com a covid-19 recentemente. Em suas redes sociais, ele compartilhou uma série de Stories onde, exaltado, faz uma série de ataques à atriz que mora em Portugal, por conta de sua imprudência quanto a protocolos de segurança.

Noas vídeos, Rafinha diz que Luanna foi a “pior coisa já produzida pelo Brasil”, fazendo comparações com ditadores, terroristas e até mesmo o Maníaco do Parque.

“Meu Deus do Céu! A Luana Piovani é a pior coisa que o país já produziu. Isso porque nós já tivemos aqui ditaduras, já tivemos terroristas internacionais. O Brasil é o país do Maníaco do Parque! Mas nada disso é pior do que a Luana Piovani”, diz Rafinha em vídeo, enquanto avalia frases ditas por Luanna em vídeos publicados em seu perfil.

“A desgraçada foi para a Europa e se mostrou indignada porque ela teria que usar máscara na rua em Paris. Só que ela arrumou uma maneira de burlar a lei: ‘Vou tomar sorvete!’ A desgraçada pegou Covid na viagem!”, conta Rafinha.

Belém do Pará acabou entrando na história do humorista. Depois de assistir a um vídeo em que Luanna fala: "o que estou falando é da minha realidade, então não me julguem", Rafinha rebateu.

"Que po*** de realidade. O teu público, idiota, que está te assitindo, mora aqui em Belém do Pará. O povo está se f****** no país onde as pessoas te seguem", disse Rafinha. Assista:

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

O humorista Rafinha Bastos postou um IGTV de 4 minutos detonando a Luana Piovani. Gente 😳

Uma publicação compartilhada por S U B C E L E B R I T I E S (@subcelebrities) em

Celebridades
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS EM CULTURA