Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Ireland Baldwin desabafa sobre estupro que sofreu na adolescência e aborto realizado anos depois

A revelação da celebridade foi motivada pela decisão da Suprema Corte dos EUA de revogar uma jurisprudência que tornava o aborto um direito constitucional

O Liberal

A atriz e modelo estadunidense Ireland Baldwin desabafou em seu TikTok que foi estuprada durante sua adolescência e, anos depois, realizou um aborto. A revelação da filha de Alec Baldwin foi motivada pela decisão da Suprema Corte dos Estados Unidos de derrubar a jurisprudência do caso Roe vs. Wade, que dava ao aborto o status de direito constitucional.

VEJA MAIS

Suprema Corte dos EUA derruba decisão que garante direito a aborto no país
Documento vazado em maio já apontava que o direito ao aborto estava com os dias contados nos Estados Unidos

'Estados Unidos voltam 150 anos no tempo', afirma Joe Biden em discurso
O presidente dos EUA criticou a decisão da Suprema Corte de revogar direito constitucional ao aborto

Empresas americanas pagarão custos de viagem para funcionárias que precisarem realizar aborto
A decisão foi uma resposta após a Suprema Corte dos Estados Unidos derrubar a decisão que garantia direito ao aborto no país

Ireland falou sobre como ocultou o evento traumático por anos e como este lhe empurrou ao abuso de bebidas, medicamentos e drogas ilícitas. “Só agora estou compartilhando minha história porque quero que outras mulheres se sintam apoiadas e amadas, quer elas queiram compartilhar sua própria história ou não. Não estou aqui para contar esta história, mas fui estuprada quando era adolescente. Estava completamente inconsciente quando aconteceu. Eu nunca contei a ninguém na época, guardei por anos. Isso mudou o curso do resto da minha vida. Bebi muito mais, festejei muito mais, me automediquei. Praticamente fiz tudo o que pude para me distrair. Ver tantas outras mulheres corajosas compartilhando suas histórias me fez pensar como minha vida teria sido se eu tivesse engravidado e se eu tivesse que criar um bebê durante tudo o que estava passando na época. Lembre-se, eu tenho recursos médicos, dinheiro e apoio que muitas mulheres não têm acesso. Teria sido simplesmente traumatizante e impossível”, contou.

A modelo também admitiu que, anos depois, durante um relacionamento "infeliz", ela engravidou e fez um aborto. “Naquele momento, eu diria que estávamos muito infelizes juntos e ele deixou claro que nunca ia querer filhos ou casamento. Ele mal queria estar em um relacionamento sério. Escolhi fazer um aborto porque sei exatamente como é nascer entre duas pessoas que se odiavam. Eu poderia ter tido aquele bebê e colocado aquele bebê para adoção? Pode ser. Talvez não. Mas escolher criar um bebê sem minha própria segurança financeira, sem um parceiro amoroso e solidário, não funcionaria para mim. Eu me escolhi e me escolheria novamente”, disse.

Celebridades
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM CULTURA

MAIS LIDAS EM CULTURA