Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Banda 'Brea Soul' lança ep com músicas dançantes e que contam o cotidiano de Belém

O material audiovisual estará disponível no Youtube da banda, mas o lançamento também ocorre no espaço Mazé, localizado na travessa Padre Eutíquio, 2374, no dia primeiro de julho, a partir das 20h

Emanuele Correa

Com letras e músicas dançantes e que retratam o cotidiano da capital paraense, a banda "Brea Soul" lança hoje, 25, o álbum visual do seu primeiro Ep "Ao vivo no Mazé", com cinco músicas autorais. A direção musical é de Lucas Castanha, Lorran Valle e Xaréu. O material audiovisual estará disponível no Youtube da banda, mas o lançamento também ocorre no espaço Mazé, localizado na travessa Padre Eutíquio, 2374, no dia primeiro de julho, a partir das 20h.

A proposta é apresentar o funk brasileiro dos anos 70 e misturar com elementos de cada integrante, um groove feito por músicos de Belém e Curitiba, conta Lorran Valle, guitarrista da Brea Soul. Ele destaca que o grupo está na expectativa para o lançamento. "A expectativa é grande, pois estamos trabalhando na produção dessas músicas tem um ano. Composições autorais que criamos ao longo da trajetória deste Ep, que consagra todo nosso momento. O público pode esperar um ep bem dançante com letras descontraídas e alegres sobre situações cotidianas em Belém", ressaltou.

Questionado sobre esse cotidiano de Belém, Lorran conta que elementos do clima como o calor ou a próprias noites da cidade, aparecem nas composições.  "A música 'Rock Night' conta a história de um músico de Belém, tentando escapar das noites de rock doido, mas não consegue e acaba se envolvendo em histórias por Belém. A música de abertura chama 'o calor de Belém'", conta revelando alguns detalhes do Ep.

Além de Lorran - guitarrista - fazem parte da banda os músicos: Lucas Castanha, guitarra e voz; Charles Santana, no baixo; Daniel Cordeiro, no saxofone; Dayvid Campos, percussão e Pietro Zanatta, na bateria. Integrantes de bandas do cenário local Belém, como Steamy Frogs, Farofa Tropikal e Lauvaite Penoso, também se uniram ao projeto.

A produção é regional, foi feita no bairro da Pedreira, em Belém, e a gravação foi no Aura Studio, em 2021. O Ep foi lançado nas plataformas digitais no último dia 10 de junho, conta o guitarrista e o ao vivo no espaço Mazé. "A produção das músicas foram feitas em casa, na pedreira, em encontros despretensiosos, já o Ep foi gravado no espaço Mazé, local de máxima importância para nos da Brea Soul, onde conseguimos expressar toda nossa arte na liberdade que precisamos. Agradecemos ao Pedro Ferpa e Diogo Craveiro pela captação e máster do nosso Ep", relembrou.

O artista destaca que para a cena independente de Belém, apoio e captação de verba por meio de editais que fomentam a cultura, a música, são importantes. "O Ep aconteceu graças ao edital do Sesc, onde conseguimos a verba para a gravação. Vale ressaltar que as músicas foram amadurecendo dentro do estúdio", afirmou.

"A Brea Soul agradece a todas e todos, que nos apoiaram até aqui. E convida a todos [e todas]  para dançarem muito ao som desse novo Ep que traz outras vertentes para a cena musical de Belém", completou fazendo o convite aos apreciadores da cena local musical.

Cultura
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM CULTURA

MAIS LIDAS EM CULTURA