Voos de Belém ao RS ainda não se recuperaram das enchentes

Trajeto segue com dificuldades devido as últimas inundações

Maycon Marte
fonte

“O Aeroporto Internacional Salgado Filho, de Porto Alegre, suspendeu voos de entrada e saída devido às enchentes”. Este é o trecho da nota disponibilizada no site de uma das principais plataformas para pesquisa de passagens aéreas. Após as enchentes que atingiram o estado gaúcho, os voos ficaram comprometidos e, agora, os que ainda estão previstos passam a ser remanejados à outros aeroportos nas redondezas, como esclarece a assessoria da médica veterinária Andreia Piwtorak, que esteve em missão na região.

VEJA MAIS:

image Biden anuncia ajuda para as vítimas das enchentes no RS
Presidente dos EUA afirma que está em contato com o Brasil para ajudar na tragédia do RS

image Paola Carosella cozinha marmitas para desabrigados das enchentes no RS; vídeo
Chef de cozinha se voluntariou para ajudar vítimas da tragédia no Rio Grande do Sul

image Papa Francisco doa R$ 500 mil para vítimas de enchentes no RS
Doação foi feita através da Esmolaria Apostólica e confirmada pelo arcebispo de Porto Alegre

“O voo sai de Belém, com escala em Campinas e chega em Florianópolis. Chegando em Florianópolis, ela pega um ônibus para a cidade de Osório-RS, com duração de 6h a 7h horas de viagem e após chegar a Osório, ela fazia de Uber um trajeto de 120 km até Canoas no (RS), região próxima a Porto Alegre”, explica.

Andreia viveu essa logística para chegar até o Rio Grande do Sul, no período entre os dias 9 e 28 de maio deste ano. A paraense esteve em missões para auxiliar no resgate a animais, além de também ter contribuído nos abrigos de pessoas vítimas das enchentes. De acordo com as informações passadas à reportagem sobre suas viagens, que totalizaram duas idas e duas vindas, o custo dos trajetos foi de R$ 3.200, incluindo a taxa de despacho para bagagem de até 23 kg.

Companhias aéreas

Procuradas pela nossa reportagem, algumas companhias aéreas se posicionaram sobre o momento atual e explicam alguns detalhes a respeito dos voos entre o Pará e o estado Gaúcho.

Por meio da sua assessoria de imprensa, a Azul Linhas Aéreas Brasileiras informou que após liberação da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), a base aérea de Canoas será usada para novos voos. A empresa informa que as viagens para este trajeto começam a partir do próximo sábado. A prestadora do serviço ainda ressaltou sobre os consumidores que já haviam adquirido passagens para o Rio Grande do Sul antes das enchentes, que cada caso foi tratado individualmente, oferecendo possibilidades de remarcação, redirecionamento e até mesmo reembolso, de acordo com a vontade do cliente.

A operadora Latam, esclareceu que “opera 28 voos semanais entre Belém e o aeroporto de Guarulhos, onde é possível se conectar em outros voos da companhia para Caxias do Sul, Passo Fundo e a Base Aérea de Canoas, bem como para outros destinos na região, como os aeroportos de Florianópolis, Jaguaruna e Navegantes”. Questionados sobre a variação de preço para o destino ao sul, a empresa ressalta que independente da rota, os valores estão suscetíveis “à interferência de diversos fatores, como a antecedência da compra, demanda pela rota, câmbio, data e destino do voo, entre outros”.

No mesmo viés, a companhia Gol também reforça o dinamismo nas variações de seus preços. “a GOL adota o modelo de precificação dinâmica. E a curva de precificação praticada pela Companhia permite que os diferentes perfis de Clientes tenham acesso ao transporte aéreo no País, seja ele corporativo ou de lazer”. No entanto, a respeito da demanda de voos para o Rio Grande do Sul, a empresa optou por não divulgar os números, sob a justificativa do que descreveram como “um dado estratégico”.

Entre no nosso grupo de notícias no WhatsApp e Telegram 📱
Brasil
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BRASIL

MAIS LIDAS EM BRASIL