Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Saiba quem é o homem preso suspeito de envolvimento no sumiço de Bruno Pereira e Dom Phillips

Indigenista e jornalista inglês estão desaparecidos desde o último domingo (5). O homem preso tem um histórico de ameaças a indígenas

O Liberal

A Polícia Militar do Amazonas prendeu um homem conhecido como Amauri, suspeito de envolvimento no desaparecimento do indigenista Bruno Pereira e do jornalista inglês Dom Phillips. Ele é conhecido pelo histórico de ameaças a indígenas da região onde os dois sumiram. As informações são da jornalista Miriam Leitão e foram apresentadas no jornal "O Globo" e no Bom Dia Brasil, da TV Globo, desta quarta-feira (8). Miriam também exibiu uma foto do suspeito, que até então não havia sido divulgada.

VEJA MAIS

Exército divulga primeiras imagens das buscas por Bruno e Phillips; veja
Lanchas e voadeiras têm sido utilizadas para facilitar a procura pelo indigenista brasileiro e o jornalista inglês

Polícia Federal prende dois suspeitos no Caso Dom Philips e Bruno Araújo
Dois pescadores foram encaminhados para a Polícia Civil na cidade de Atalaia do Norte (AM)

Deputados do Pará responsabilizam Governo Federal por desaparecimento de Bruno e Phillips; entenda
Indigenista brasileiro Bruno Araújo Pereira, servidor da Funai, e jornalista inglês Dom Phillips, desapareceram na Amazônia, no último domingo

Família de indigenista acredita que ele e jornalista inglês podem ter sofrido acidente de barco
Para os familiares, é possível que Bruno Pereira e Dom Phillips estejam aguardando socorro: 'o tempo é fator chave'

Cinco pessoas já foram ouvidas pelas autoridades policiais durante as investigações para apurar o que houve com Bruno e Phillips, sendo quatro como testemunhas e uma na condição de suspeito. Os nomes dessas pessoas ainda não foram divulgadas pela Secretaria de Segurança Pública do Amazonas.

Inquérito policial para investigar o caso 

A Polícia Civil do Amazonas instaurou um inquérito policial para investigar o caso, segundo o delegado titular da 50ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP), Alex Perez.

O nome do suspeito preso, Amauri, foi confirmado por fontes em Atalaia do Norte, cidade onde os dois desapareceram. Segundo o G1 Amazonas, havia uma pressão para que ele fosse solto, por falta de provas, mas o suspeito acabou preso em flagrante pelas sucessivas ameaças que já fez a indígenas da região.

Miriam Leitão informou que Amauri fez, inclusie, uma ameaça à equipe dos indígenas que estava em busca. “Isso foi considerado um flagrante", declarou a jornalista.

Brasil
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BRASIL

MAIS LIDAS EM BRASIL