Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Promotor antidrogas é preso com pó análogo a cocaína em Curitiba

Substância foi encontrada em três pratos na cozinha do apartamento do promotor de justiça

Emilly Melo

Um promotor de justiça do Paraná, reconhecido pelo engajamento na luta antidrogas, foi preso nesta semana pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), em Curitiba. Os agentes encontraram uma substância análoga a cocaína com ele. Com informações do Tribuna Uol. 

Ele foi um dos alvos da Operação Custodes. Na residência do suspeito foram encontrados indícios suficientes para efetuar a prisão. Houve apreensão de vários objetos e uma substância análoga a cocaína em três pratos encontrados na cozinha do apartamento luxuoso do suspeito, que não teve a identidade revelada por se tratar de um caso de segredo de justiça. 

Os agentes também recolheram um cartão de crédito, um livro e maceradores de cocaína. As buscas foram acompanhadas também pelo suspeito, uma outra moradora da casa e três promotores. Ele foi levado sob custódia para prestar esclarecimentos à polícia. O promotor preso fazia parte de projetos e comissões do Ministério Público que tratavam de temáticas antidrogas. 

O MP do Paraná se pronunciou por meio de nota oficial: 

“Trata-se de investigação conduzida pelo próprio Ministério Público do Paraná, por meio da Subprocuradoria de Justiça para Assuntos Jurídicos. No âmbito da apuração, que envolveu o cumprimento de mandados de busca e apreensão, foram identificadas situações que motivaram a prisão. O caso tramita sob sigilo e a tipificação penal será determinada no curso da investigação”.

 

(*Emilly Melo, estagiária, sob supervisão de Keila Ferreira, coordenadora do Núcleo de Política)

Palavras-chave

Brasil
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BRASIL

MAIS LIDAS EM BRASIL