Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Policial admite ter atirado e matado amante do marido após descobrir traição

A família da vítima afirmou saber do caso entre ela e o marido da policial. Uma testemunha revelou que a agente é formalmente investigada por homicídio doloso

O Liberal

Uma agente da Polícia Civil está sendo investigada após confessar ter matado a amante do marido. A vítima foi identificada como Isadora Calheiros, de 25 anos, e estaria tendo um caso com o homem. Ela foi baleada durante uma briga com a policial, na última sexta-feira (26), e morreu momentos depois. As informações são do G1 Rio.

VEJA MAIS

Pistoleiro que matou sargento envolvido em traição de empresário é preso O homem confessou que recebeu R$ 65 mil para cometer o crime

Feminicídio: Homem pode ter matado grávida para encobrir traição O suspeito possui passagem criminal por tráfico de drogas e está foragido

Aos 82 anos, idoso mata a esposa de 79 com tiro na cabeça após suposta 'traição' Segundo moradores do município e vizinhos da casa onde ocorreu o crime, o idoso alegou que matou a esposa porque ela o havia traído com outro homem

A agente, que não teve a identidade revelada, entregou a arma e a carteira funcional de policial civil. Apesar de ter assumido a culpa, a acusada está solta. Uma testemunha revelou que a agente é formalmente investigada por homicídio doloso. O caso aconteceu no Rio de Janeiro.

Em seu depoimento, a policial contou que descobriu a suposta traição do marido com Isadora após ver mensagens trocadas entre eles. A agente teria reatado recentemente com o homem e não se agradou com o conteúdo das mensagens. 

Isadora Calheiros (Reprodução / Redes Sociais)

Familiares da vítima ainda relataram que ela tinha um envolvimento amoroso com o marido de uma policial civil, de família bastante conhecida na cidade.

Depois de ser baleada, a mulher chegou a ser levada para a Unidade de Pronto Atendimento, mas chegou ao local já sem vida. Isadora trabalhava como recepcionista numa autoescola e deixou uma filha de 6 anos, que tem deficiência física. O corpo da vítima foi enterrado no sábado (27).

Brasil
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BRASIL

MAIS LIDAS EM BRASIL