PM dá soco no rosto de mulher negra durante abordagem; governo vê atitude racista

De acordo com o governo do Amapá, os policiais serão afastados enquanto o caso é investigado

Redação Integrada com informações de UOL e GloboNews

As imagens de um policial militar realizando uma abordagem truculenta viralizaram nos últimos dias. No vídeo, o PM foi flagrado agredindo uma mulher negra durante uma abordagem. Enquanto policiais revistam dois homens, a mulher reclama com os agentes. Depois, um deles tenta imobilizá-la, dá uma rasteira e a derruba. No chão, a mulher é agredida pelo PM com um soco no rosto. O caso de violência aconteceu em Macapá (AP) e, foi filmado pelo filho da vítima, na sexta-feira (18).

O governo do Amapá afirmou que os policiais envolvidos na abordagem serão afastados enquanto o caso é investigado.

Pelas imagens, é possível ver dois agentes levando a mulher e um homem algemados. Ela é levada a uma viatura.

A mulher e o marido foram detidos sob acusação de desacato. Eles pagaram R$ 800 de fiança para serem liberados. O casal foi a uma delegacia da mulher em Macapá para registrar um Boletim de Ocorrência contra a agressão policial.

O governador do Amapá, Waldez Góes (PDT), lamentou nas redes sociais a ação da PM e disse que a abordagem foi “recheada de atitudes racistas”.

“Determinei ao Comando Geral da Polícia Militar uma apuração criteriosa e rápida dos fatos mostrados no vídeo. Cenas como essa não podem ser toleradas e não podem se repetir”, afirmou.

Brasil
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS EM BRASIL