Mulher que se diz ‘serva de Deus” espanca homossexual com ferro

Suposta religiosa perseguiu a vítima desferindo golpes e comentários homofóbicos

Redação Integrada com informações do Metrópoles

Um homem foi espancado por uma mulher que se dizia “serva de Deus”. O crime aconteceu em Cuiabá, Mato Grosso, onde a vítima é funcionária de uma agência de turismo. A agressora afirma que o homem merecia apanhar pela orientação sexual dele. Ele é homossexual.

A agressão foi filmada e gerou repúdio na internet. Nas imagens, é possível ver a suposta religiosa dizendo que acima dela “só Deus”. A gravação foi feita por testemunhas.

A vítima tentou escapar da criminosa, que proferia ofensas de cunho homofóbico, entrando na loja em que trabalha. Mas foi perseguido pela mulher, que usou um ferro desses que delimitam fila de atendimento, para espancá-lo.

Brasil
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS EM BRASIL