Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Mãe e filho turistas entram em favela por engano e têm carro metralhado

Traficantes teriam confundido o carro das vítimas com viatura da polícia

Maiza Santos

Uma professora chamada Joseli Teresinha Arty, de 40 anos, e o filho de 15 anos, tiveram o carro metralhado após entrarem por engano em uma favela. De acordo com as autoridades, o veículo teria sido confundido por traficantes com um carro da polícia. No momento do incidente, um morador da comunidade foi atropelado e acabou morrendo.

VEJA MAIS

Três pessoas são mortas e uma ferida em tiroteio em posto de saúde de Fortaleza
A troca de tiros na unidade de saúde ocorreu nesta quarta-feira (18). As informações iniciais indicam que três suspeitos estão envolvidos no crime

Bandidos são fuzilados dentro de viatura policial em ataque de facção criminosa
Atentado que deixou carro da PC metralhado teve característica de 'queima de arquivo'

Joseli e o filho usavam um aplicativo de localização para chegar ao hotel, mas após indicação do sistema, entraram em um dos acessos da Vila Aliança, em Bangu, zona oeste do Rio de Janeiro. A professora é carioca, mas a família mora no Paraná.

No momento em que mãe e filho acessaram a comunidade, acontecia um intenso tiroteio. Moradores da região chegaram a publicar nas redes sociais alertando para o confronto.

Segundo testemunhas, a mulher perdeu o controle do carro ao tentar fugir dos tiros e acabou atropelando Eduardo da Silva Guilherme, de 21 anos, morador da Vila Aliança. Ele não resistiu e morreu no local. A Polícia Militar ainda informou que não havia ação envolvendo equipes da PM na região, no momento do incidente. O que reforça a hipótese dos traficantes terem confundido o carro das vítimas. 

Mãe e filho seguem internados. A mulher tem ferimentos no pé esquerdo e na perna direita, com quadro de saúde considerado estável. O menino não teve o boletim médico divulgado.

(Estagiária Maiza Santos, sob supervisão da editora Web de OLiberal.com, Vanessa Pinheiro)

Brasil
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BRASIL

MAIS LIDAS EM BRASIL