Homem negro é acusado injustamente de roubo e algemado por suposto segurança

A abordagem truculenta causou revolta em quem assistiu à cena

Redação Integrada com informações de Extra

Um homem negro foi abordado por um suposto segurança de uma farmácia e acusado de ter roubado algo de dentro da loja. A vítima ainda foi algemada em frente a drogaria O caso aconteceu em Volta Redonda (RJ) e causou revolta. Nada foi encontrado com o homem.

O suposto segurança questionou algumas se o homem havia roubado algo de dentro da loja. O rapaz chega a ser imobilizado e puxado à força para a lateral da entrada do estabelecimento.

Diante de alguns protestos e da falta de provas de que o rapaz havia furtado algo, o suposto segurança, então, resolveu liberá-lo.

"Aconteceu tudo muito rápido, aquela confusão. O homem, que não sei se era segurança da loja ou da rua, tinha rendido o cidadão e meteu uma algema nele, insinuando que ele tinha roubado alguma coisa na drogaria. Ele disse que não, e que nem estava armado", contou uma testemunha que pediu para não ser identificada.

A testemunha relatou ainda que havia quem apoiasse o homem algemado, e também quem apoiasse o segurança, mesmo sem qualquer prova do furto.

"Tudo durou cerca de dez minutos. Quando alguém falou que o cara ia fazer judiação com ele, ele acabou soltando a algema. Não tinha como confirmar na hora se ele realmente era segurança, mas tudo indica que sim porque ele tava na porta da loja, se portando como segurança da drogaria, tanto é que ele chega a entrar um pouco na drogaria, depois sai... se ele não é segurança dali , ele é segurança da área", completou

A rede de drogarias responsável pela franquia foi procurada, mas não se manifestou sobre o caso.

Brasil
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BRASIL

MAIS LIDAS EM BRASIL