Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Homem é baleado dentro de igreja após pastor pregar contra esquerdistas

Direção da congregação teria orientado os fiéis a não “votar em candidatos ou partidos políticos cujo programa de governo seja contrário aos valores e princípios cristãos”

Emilly Melo

Um homem foi baleado dentro de uma igreja evangélica, em Goiânia, na noite desta quinta-feira (1º). O responsável pelo disparo é um policial militar, de 37 anos, que teria se desentendido com a vítima após um pastor pregar contra partidos políticos de esquerda. As informações são de O Tempo. 

O cabo da Polícia Militar Vitor da Silva Lopes atirou na perna de Davi Augusto de Souza, de 40 anos, que precisou ser levado para o Hospital de Urgências de Goiânia (Hugo). Ele foi submetido a uma cirurgia, mas não corre risco de morte. Já o PM se apresentou em uma delegacia para prestar depoimento e foi liberado.

VEJA MAIS

Foragido por estupro de vulnerável é recapturado após assediar mulheres em frente à igreja, no Pará
Francisco de Assis Mota Oliveira, 27, ainda chegou a ser espancado por populares, e depois foi preso pela Polícia Militar. O caso aconteceu em Parauapebas.

Filho acusa bispos da Igreja Universal de pedirem doação de toda a herança de Marcelo Rezende
Daniel Esteves é jornalista e utilizou seu tempo no programa "A La Tarde" para falar sobre o assunto; veja o vídeo

O caso está sendo investigado pela Polícia Civil. A ocorrência foi registrada como agressão por arma de fogo e lesão corporal culposa (quando não há intenção de machucar). Até o momento, há apenas a versão dos policiais que atenderam o chamado na igreja, onde a vítima saiu em uma maca do Serviço Atendimento Móvel de Urgência (Samu). 

"No local, segundo informações, houve uma discussão entre dois indivíduos e o cabo Vitor da Silva Lopes. Os indivíduos tentaram entrar em luta corporal com o policial, que para se desvencilhar de um deles efetuou um disparo que alvejou a perna do envolvido", diz o documento.

Segundo a Polícia Militar de Goiás, foi instaurado um procedimento de apuração e que o agente estava de folga no dia do disparo. 

"Assim que a Polícia Militar tomou conhecimento do caso, determinou a instauração de procedimento administrativo disciplinar para apurar as circunstâncias do fato. Informamos ainda, que o policial militar apresentou de forma espontânea na delegacia de polícia civil para os procedimentos cabíveis", diz nota da PM goiana.

Adolescente é esfaqueado enquanto atuava como coroinha durante missa; vídeo
Câmeras da igreja flagraram a ação do autor do crime, que fugiu após o ataque

Igreja emitiu circular contra partidos de esquerda

Os fiéis da Congregação Cristã do Brasil em Goiânia relatam que os pastores do tempo defendem o governo do presidente Jair Bolsonaro durante os cultos e atacam as legendas de esquerda, como PT, PDT, PSOL e PCdoB.

A direção nacional da congregação teria publicado um circular, no início de agosto, com teor político: 

“Conforme Tópico de Ensinamento publicado na última RGE, em abril de 2022, alertamos o Ministério e a irmandade sobre a orientação ali contida, referente às eleições, onde diz o texto: Não devemos votar em candidatos ou partidos políticos cujo programa de governo seja contrário aos valores e princípios cristãos ou proponham a desconstrução das famílias no modelo instruído na palavra de Deus, isto é, casamento entre homem e mulher”, destaca o texto. 

(*Emilly Melo, estagiária, sob supervisão de Keila Ferreira, coordenadora do Núcleo de Política)

Brasil
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BRASIL

MAIS LIDAS EM BRASIL