Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

‘Foto de calcinha, você tem, pode mandar, meu amor’, diz pai para a filha de 14 anos

Adolescente denunciou ele e o irmão por assédio e estupro, mas suspeitos não foram presos por falta de provas

O Liberal

Uma adolescente de 14 anos denunciou o pai e o irmão à polícia. Segundo os agentes, o irmão a estuprou na quarta-feira (3) e o pai a assediou na quinta-feira (4), pedindo fotos dela de calcinha. Os nomes dos acusados não foram revelados pela Polícia Civil. O caso aconteceu em Anápolis, a  55 quilômetros de Goiânia (GO). As informações são do G1 Goiás.

VEJA MAIS

Pai confessa ter matado a filha de 8 meses após se irritar com choro da criança
A polícia da cidade de Piedade (SP), onde ocorreu o crime, disse que o homem estava alcoolizado quando atirou a filha contra a parede

Pai é preso suspeito de estuprar as duas filhas durante seis anos
Os crimes teriam acontecido dentro da casa do acusado

Pai é preso acusado de estuprar a filha autista de 12 anos
Apesar de negar a acusação, foi confirmado que a vítima sofreu estupro, após passar pelo exame de conjunção carnal

Em depoimento à polícia, o pai admitiu ter conversado com a filha por aplicativo de mensagem e pedido fotos dela seminua. O irmão disse que não houve estupro, mas uma relação “consensual”. Eles não foram presos por falta de provas, segundo a Polícia Civil.

Na conversa com a filha pelo celular, que a polícia teve acesso, o pai pede foto da menina seminua: "[Foto] De calcinha, você tem, pode mandar, meu amor", escreveu. A filha diz que não tem, mas o pai insiste: "Sei, é claro que tem, meu amor".

A adolescente responde: "Não tenho, pai. De onde o senhor tirou isso?".

O pai, então, diz: "Nada. Que estou com muito tesão, meu amor. Então você não pode ajudar o pai, ok aí".

Pai nega abuso

A delegada Marisleide Santos, que investiga o caso, relata que o assédio pelo pai está provado por meio da mensagem, mas que ele nega “qualquer outro tipo de abuso". A delegada disse que avalia pedir medida protetiva para a menina e mandado de prisão contra os parentes.

A menina mora com a mãe, segundo a polícia, e que no dia do suposto estupro foi convidada para dormir na casa do irmão. A menina passou por exames e foi medicada. O Conselho Tutelar de Anápolis disse que vai acompanhar a investigação.

Brasil
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BRASIL

MAIS LIDAS EM BRASIL