Bebê é encontrado morto em rio e pais tentam fugir de carona

Casal já havia sido denunciado por maus-tratos e a menina chegou a morar em um abrigo

Redação Integrada com informações do G1

Um bebê de 6 meses foi encontrado morto em um poço em Tabaporã, a 643 km de Cuiabá, na noite dessa quarta-feira (9). A menina morava com a família, mas, segundo o Conselho Tutelar, os pais já haviam sido denunciados por maus-tratos e o bebê foi tirado deles aos três meses de vida. Os pais entraram na Justiça e conseguiram a guarda da filha. à Polícia Civil, o pai, de 23 anos, disse que a filha morreu após tomar um remédio acidentalmente.

A mãe, de 25 anos, disse em depoimento que no momento da morte da criança havia ido buscar um remédio e, ao retornar, o marido já teria ocultado o corpo.

Bebê encontrado em rio (Polícia Civil-MT/Assessoria)

O crime teria ocorrido no dia 27 de dezembro. E a prisão dos acusados teve ajuda de testemunhas e vizinhos. O casal foi visto perto do rio Sereno, com um carrinho de bebê, mas sem a criança. Depois, testemunhas viram os dois com a criança. Em um outro momento, foram vistos sozinhos, sem a criança. O casal foi visto mais tarde pedindo carona na estrada, com mochilas e sem o bebê.

O carrinho da criança foi localizado às margens do rio. Merguladores tentaram encontrar o corpo, sem sucesso.

Depois de presos, em Jataí (GO), os pais indicaram à polícia onde estava o corpo da vítima.

Testemunhas disseram à polícia que o pai avisou que deixaria a cidade e pediu que queimassem as coisas do bebê.

“O homem disse que a criança teria morrido acidentalmente após ele ter medicado ela com um remédio e, segundo ele, esse medicamento teria feito uma reação contrária e disso teria ocorrido o óbito dela. Depois disso, sem saber o que fazer, ele acabou ocultando o corpo da criança”, disse o delegado Agnaldo Coelho ao G1.

Brasil
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS EM BRASIL