Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Adélio Bispo passa por perícia médica nesta segunda e pode ganhar liberdade; entenda

A previsão é que os trabalhos se estendam até às 18h, a critério dos peritos

Luciana Carvalho

A Justiça Federal marcou para esta segunda-feira (25) a nova perícia médica que vai determinar se Adélio Bispo, autor da facada em Jair Bolsonaro (PL), representa ou não um perigo a si ou à sociedade, o que pode resultar em sua liberdade. As informações são do portal G1 Juiz de Fora.

A previsão é que os trabalhos se estendam até às 18h, a critério dos peritos. Os profissionais irão responder quesitos apresentados pelo Ministério Público Federal (MPF) e pela Defensoria Pública da União (DPU), entre eles, se o quadro de saúde mental apresentado pelo paciente no exame pericial citado na sentença, persiste.

De acordo com o juiz federal Luiz Augusto Iamassaki Fiorentini, da 5ª Vara Federal de Campo Grande, o diretor do Presídio Federal deverá providenciar o que for necessário para a realização da perícia. Foram também intimados o MPF e a DPU, para ciência e, se necessário, informarem os assistentes técnicos.

VEJA MAIS

Bolsonaro volta a dizer que facada em 2018 foi crime encomendado
Presidente, sem apresentar provas, disse que Adélio foi 'cumprir missão'

Delegado da PF que investigou PCC vai retomar inquérito da facada em Bolsonaro
Linha de investigação retomada pela PF busca verificar se alguém pagou pelo trabalho do advogado

O laudo pericial deverá ser juntado em até 30 dias após a conclusão dos trabalhos.

Adélio cumpre sua medida de internação compulsória na Penitenciária Federal de Campo Grande, em Mato Grosso do Sul, uma unidade de segurança máxima. Inicialmente, a perícia deveria ter sido feita até 14 de junho, mas foi suspensa por falta de peritos.

A revisão da situação de Adélio é necessária porque a decisão judicial de 2019, que o considerou doente mental e determinou sua internação, previa um período de “ao menos três anos” de vigência da privação de liberdade.

Todas as investigações sobre o atentado contra Bolsonaro, em setembro de 2018, concluíram que Adélio planejou e executou a facada sem ajuda de cúmplices.

(Luciana Carvalho, estagiária da Redação sob supervisão de Keila Ferreira, Coordenadora do Núcleo de Política).

Brasil
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BRASIL

MAIS LIDAS EM BRASIL