Após meses internado, vigário geral da Arquidiocese de Belém recebe alta

Monsenhor Marcelino Ferreira chegou a ir para a UTI por conta de uma artrose/artrite infecciosa no joelho

Dilson Pimentel

Depois de mais de dois meses internado por conta de uma artrose/artrite infecciosa no joelho, o vigário geral da Arquidiocese de Belém, monsenhor Marcelino Ferreira, também pároco da Paróquia Santa Teresinha, no Jurunas, recebeu alta hospitalar na quinta-feira (7). A informação foi divulgada, neste sábado (98), pela Arquidiocese de Belém. Mas o estado de saúde ainda inspira muito cuidado. Monsenhor fará tratamento domiciliar na casa paroquial, com acompanhamento de uma equipe médica, acrescentou.

Citando informações da Paróquia Santa Teresinha, sobre a alta hospitalar do monsenhor, a Arquidiocese postou o seguinte texto no Facebook: “Agradecemos a todos que, neste período, direcionaram suas orações, as pessoas que puderam doar sangue, tempo e toda a equipe médica. Continuemos em comunhão e pedindo a Santa Teresinha e Nossa Senhora pela recuperação do Monsenhor Marcelino”.

Ele estava internado desde 6 de novembro, no Hospital Porto Dias, para o tratamento de artrose/artrite infecciosa no joelho. Desde 30 de outubro, segundo a Arquidiocese, monsenhor Marcelino teve dores e inchaço no joelho, também dificuldade de locomoção. Nos primeiros dias de novembro começou a fazer exames, e no último dia 6 foi identificado quadro de infecção e a necessidade de drenagem e limpeza do joelho. Por causa do quadro e histórico de saúde, monsenhor Marcelino foi internado na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI), para os cuidados necessários.

Belém
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BELÉM

MAIS LIDAS EM BELÉM